"Agiu certo". Marcelo ganha apoio no Atlético-MG após gritos de "burro"

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Aos 20 minutos do segundo tempo, a modificação de Marcelo Oliveira chamou atenção no clássico contra o Flamengo. Perdendo por 1 a 0, o treinador sacou o volante Leandro Donizete e promoveu a entrada do atacante Lucas Pratto. Apesar da ousadia, a decisão gerou uma sonora vaia seguida de gritos de burro no Mineirão. Em sua coletiva de imprensa, Marcelo minimizou a atitude da torcida, segundo ele movida por paixão pura no calor do momento.

"Como jogador e técnico do Atlético, tenho 40 anos ou mais de clube. Vou fazer o que vier da minha convicção. Talvez eles quisessem que eu tirasse outro volante, mas o Júnior Urso estava com mais capacidade física. O torcedor vê o jogo com paixão pura, e eu tenho que ser profissional, agir pelo lado racional", falou Marcelo.

Mas o treinador não estava sozinho em sua decisão. Citado na justificativa de Marcelo, Júnior Urso foi apenas um dos atletas que saíram em defesa e aprovaram a substituição feita.

"Acho que era necessário sair ou ele (Donizete) ou eu. Se fosse eu, não iria questionar. Era preciso entrar alguém no ataque para aumentar a força ofensiva, tanto que o Pratto entrou e fez o gol. A torcida está no direito dela de reclamar ou apoiar quando achar que está bom. Mas acho que o Marcelo agiu correto", disse Júnior Urso, que passou a ter a companhia de Luan no meio-campo depois da saída de Donizete.

De fato, a alteração deixou o Atlético ainda mais ofensivo no segundo tempo. Com um jogador a mais no campo de ataque, o time da casa praticamente não deixou o Flamengo respirar. Faltando cinco minutos para o fim, a ousadia de Marcelo alcançaria seu ponto alto, com o gol de Pratto. A alteração só não teve total sucesso porque minutos depois a equipe não conseguiu se segurar o ímpeto do Flamengo, que empatou com Guerrero.

"O treinador tem que fazer as escolhas. Nem sempre todo mundo concorda com as escolhas que ele faz, mas é fato que o time ficou mais ofensivo e buscou a virada. Foi uma substituição que surtiu efeito. Não que o Donizete estivesse mal, mas pelas necessidades do jogo, acabou tendo que fazer para buscar o resultado. Torcedor quer ganhar, assim como nós, nem sempre todos vão concordar com as decisões", falou o goleiro Victor.

Quer receber notícias do Atlético-MG de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos