Lucro da venda da nova camisa vai ser para a Dry World pagar o Atlético-MG

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Geraldo Bubniak/Estadão Conteúdo

    Pelo segundo ano seguido o Atlético-MG vai jogar contra o Coritiba com uma camisa alternativa

    Pelo segundo ano seguido o Atlético-MG vai jogar contra o Coritiba com uma camisa alternativa

Neste domingo, às 19h30, contra o Coritiba, o Atlético-MG vai entrar no gramado do Couto Pereira com uma novidade. Mas não na escalação, e sim o uniforme. Diante da equipe paranaense, o Atlético vai estrear a terceira camisa, que ainda não foi revelada pelo clube. Certo mesmo é que vai ser um modelo todo preto, assim como aconteceu na temporada passada.

O fato de a camisa ser lançada somente na 34ª rodada do Brasileirão tem uma explicação, como apurou o UOL ESPORTE. Embora tenha a marca da Dry World, a produção e distribuição é de responsabilidade do Atlético. Tanto que o clube mineiro fechou recentemente um acordo Tecnotêxtil Confecções, de Três Pontas, do sul de Minas Gerais. Portanto, retirados os custos de produção e a parte do lojista, o lucro da venda da nova camisa vai ser todo do clube.

A solução adotada foi uma fórmula encontrada para amenizar a dívida da Dry World com o Atlético, já que boa parte dos R$ 20 milhões prometidos para a temporada 2016 não foram pagos. Com o lançamento na reta final da temporada, com o time ainda brigando pelo título brasileiro e na final da Copa do Brasil, a expectativa é de bom volume nas vendas, além da proximidade com o Natal.

Para facilitar a logística de distribuição e controlar as vendas, o uniforme 3 do Atlético só vai ser comercializado pelas lojas oficiais do clube. O início das vendas, no entanto, ainda não está estabelecido. A tendência é que comece ainda na primeira quinzena deste mês. O preço vai ser de R$ 249,90, assim como as camisas confeccionadas pela Dry World.

Parceira perto do fim

É apenas uma questão de tempo para o Atlético confirmar o fim da parceria com a empresa canadense. Tanto que uma determinação da diretoria proíbe que qualquer encomenda enviada por Dry World ou Rocamp/Logic (empresa que produz os produtos da Dry World) seja recebida por funcionários do clube.

Através de uma ação judicial, o Atlético retomou o controle da loja localizada na sede administrativa. Tão logo toda a documentação seja regularizada, o espaço vai ser reaberto, sob administração do próprio clube.

Quer receber notícias do Atlético-MG de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos