Coritiba se afasta da zona da degola e deixa Atlético-MG longe do título

Do UOL, em São Paulo

O jogo entre Coritiba e Atlético-MG terminou com um resultado que afeta demais as brigas nas duas pontas da tabela do Campeonato Brasileiro. O Coxa conseguiu vencer por 2 a 0 e se distanciou da zona de rebaixamento - está com 42 pontos, quatro a mais que o Internacional, primeiro time na degola. Já o Galo, com essa derrota, fica muito distante da briga pelo título, pois tem 60 pontos e está em quarto lugar. O líder Palmeiras tem 70 e faltam apenas quatro jogos para acabar a competição.

O jogo começou muito aberto e corrido, por isso os dois times criaram chances de gol. Mas no lado do Atlético-MG o goleiro Victor fez duas defesas difíceis e evitou que o placar fosse aberto no 1º tempo. No Coritiba quem salvou foi Amaral, que travou um chute de Lucas Pratto que ia para o gol.

Porém, no começo do 2º tempo ninguém conseguiu impedir o golaço de Raphael Veiga, aos 7min, com um belo chute de fora da área. Em vez de aproveitar o embalo, o Coritiba recuou e esperou para contra-atacar. Conseguiu dar trabalho para Victor em uma finalização de Kazim, mas também sofreu muita pressão até o juiz marcar pênalti de Patric em Kazim e sair o gol de Kleber.

Agora o Coritiba vai enfrentar o Santa Cruz, novamente em casa, no dia 16 de novembro, às 21h (de Brasília). Já o Atlético-MG terá um confronto direto contra o Palmeiras em Belo Horizonte, no dia 17, às 21h.

Guilherme Artigas/Fotoarena/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Raphael Veiga ajuda Palmeiras

O meia do Coritiba tem sido especulado como provável reforço do Palmeiras para 2017 e, neste domingo, ajudou o time paulista, afinal o Atlético-MG é adversário do Palmeiras na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Aos 7min do 2º tempo, ele teve espaço para arrumar a bola fora da área e acertou um chute no ângulo, sem chance para Victor defender. Ele passou a ser muito criticado por ter caído de produção quando surgiram os boatos de transferência, então vibrou muito quando fez o gol, correndo na frente da arquibancada do Couto Pereira.

Quem foi mal: Otero e Cazares

Dessa vez os gringos do Atlético-MG não brilharam e erraram muitas jogadas no meio-campo. Marcelo Oliveira resolveu tirar os dois no 2º tempo para entradas de Fred e Maicosuel.

Filho substituto

Como Paulo César Carpegiani estava suspenso, o Coritiba teve uma curiosidade no banco de reservas: o substituto foi o filho do técnico, Rodrigo Carpegiani.

Reverenciado pelos adversários

Quando entrou no Couto Pereira, o técnico do Atlético-MG, Marcelo Oliveira, foi aplaudido pela torcida do Coritiba. Ele comandou o Coxa em 2011 e 2012, quando o tive foi vice-campeão da Copa do Brasil duas vezes.

CORITIBA 2 x 0 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba-PR
Data: 06/11/2016
Árbitro:  Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
Cartões amarelos: Raphael Veiga (CTB)
Gols: Raphael Veiga, aos 7min do 2º tempo; Kleber, aos 47min do 2º tempo

CORITIBA
Wilson; Cesar Benítez, Juninho, Walisson Maia e Dodô; Amaral, César González (Kazim), Juan (Geovane) e Raphael Veiga (Edinho); Kleber e Iago
Técnico: Rodrigo Carpegiani

ATLÉTICO-MG
Victor, Patric, Erazo, Gabriel, Fábio Santos, Rafael Carioca, Leandro Donizete, Cazares (Maicosuel), Otero, Luan (Robinho) e Lucas Pratto (Fred)
Técnico: Marcelo Oliveira

Quer receber notícias de Coritiba e Atlético-MG de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos