Ousadia ou cautela? Cuca se divide para substituir Moisés e resgatar Jesus

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras

    Cuca não conta com Moisés para o compromisso deste domingo

    Cuca não conta com Moisés para o compromisso deste domingo

Afinal, quem substituirá Moisés? Em qual setor Gabriel Jesus atuará? Sem o importante meio-campista, desfalque em apenas duas partidas neste Campeonato Brasileiro, e com a principal estrela em jejum, o Palmeiras recebe neste domingo, a partir das 17h (de Brasília), o Internacional, no Allianz Parque, em duelo pela 34ª rodada da Série A.

Desde o início, a semana na Academia de Futebol dividiu o técnico Cuca. Além da necessidade de melhora de desempenho – particularmente de Gabriel Jesus, que não anota um gol há sete partidas -, o comandante do líder do Campeonato Brasileiro trabalhou a fim de substituir o principal destaque do setor de meio-campo da equipe.

O treinador reduziu as opções no setor para apenas dois nomes: o volante Thiago Santos e o meia Cleiton Xavier. Cada um com características particulares capazes de modificar completamente o meio palmeirense, órfão de Moisés logo na partida deste domingo contra os gaúchos.

Com Thiago Santos, Tchê Tchê e Jean – caso permaneça no meio – possuem uma maior liberdade ofensiva. Já com Cleiton Xavier, o Palmeiras contaria com o único meia especificamente de criação para municiar o trio ofensivo; Gabriel Jesus e Dudu são os únicos confirmados no ataque.

Há uma terceira possibilidade, com Thiago Santos e Cleiton Xavier juntos entre os titulares. Esta opção resultaria no retorno de Jean para a lateral, opção ignorada por Cuca nos últimos três compromissos do Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro.

No ataque, o grande dilema recai sobre o posicionamento de Gabriel Jesus. Cuca assumiu a função de resgatar a eficiência do artilheiro do Palmeiras na Série A. Com 11 gols anotados no campeonato, o jovem de 19 anos convive cm um já longo jejum – o último tento marcado pelo camisa 33 ocorreu em 14 de setembro, diante do Flamengo.

O treinador palmeirense aposta na versatilidade da revelação. Cuca trabalhou até o retorno de Alecsandro ao time titular; esta forma de jogo tiraria Gabriel Jesus do centro do ataque e permitiria um maior terreno (pelas pontas) a ser explorado pelo atacante.

"Para ele encaixar um gol é questão de tempo e esperamos que aconteça logo. Ele é cobrado por não fazer gols, mas não por nós, aqui dentro do Palmeiras. Para nós o importante é sair campeão, independente de quem fizer o gol", discursou o treinador, que inclusive tirou um momento da semana para conversar particularmente com o atacante.

"Temos diversos jogadores que podem fazer gol, mas estão acostumados a ver o Gabriel a fazer. São coisas que ele vai ter que aprender a lidar. O grande nome é mais cobrado e ele tem que entender que é natural. Conversei a respeito disso com ele sobre isso que está se iniciando para ele", finalizou.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS x INTERNACIONAL

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 6 de novembro de 2016 (domingo)
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols (Fifa/PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (Fifa/PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)

PALMEIRAS: Jailson; Jean (Fabiano), Yerry Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Tchê Tchê e Cleiton Xavier (Jean); Roger Guedes; Dudu e Gabriel Jesus.
Técnico: Cuca.

INTERNACIONAL: Danilo; Ceará, Paulão, Ernando e Geferson; Anselmo, Rodrigo Dourado, Anderson (Alex), William e Eduardo Sasha (Valdívia); Vitinho (Aylon).
Técnico: Celso Roth.

Quer receber notícias de Palmeiras e Internacional de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos