Diego Souza faz golaço, é aplaudido por gremistas e assume a artilharia

Do UOL, em Porto Alegre

Diego Souza dominou, a bola subiu um pouco e sem deixar que ela tocasse novamente no chão ele bateu forte, de fora da área. Ela subiu e entrou no ângulo de Marcelo Grohe. Golaço!

Foi assim que o Sport abriu o placar no finzinho do primeiro tempo contra o Grêmio, nesta segunda-feira (7), pela 34ª rodada do Brasileirão. E Diego Souza acabou aplaudido pelos próprios gremistas na Arena. Ele ainda marcou mais um e chegou aos 13 gols no Brasileirão, empatando na artilharia com Fred. 

Diego foi cumprimentado pelos companheiros. A comemoração foi contida. E das cadeiras da Arena vieram muitos aplausos. Um pouco por conta do golaço, outro tanto porque o jogador é muito querido no Tricolor.

Em 2007, Diego Souza foi um dos principais jogadores do time treinado por Mano Menezes, que disputou e perdeu a final da Libertadores para o Boca Juniors. Fez gols importantes e marcou seu lugar no coração dos aficionados.

"Tenho um respeito muito grande, em 2007 tive uma temporada fantástica aqui e este torcedor nunca me jogou para baixo. Infelizmente não tivemos um êxito naquele ano, mas torço muito porque um clube como o Grêmio não pode ficar tanto tempo sem um título nacional", disse ao SporTV deixar o campo.

No segundo tempo, o Sport ampliou rapidamente, aos 2 minutos, com Rogério. E o próprio Diego Souza fechou o placar no fim do jogo, cara a cara com o Marcelo Grohe. O camisa 87 ainda poderia ter marcado outro belo gol, quando encobriu Marcelo Grohe, mas parou na trave (veja abaixo).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos