Camilo lamenta duas bolas na trave e diz que Botafogo vai secar rivais

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Botafogo não perdia há sete jogos. Com a derrota para a Chapecoense passou a encarar uma série de três duelos sem vitória. Nesta quarta, o Alvinegro acertou duas bolas na trave, além das várias defesas de Danilo. Por isso, a equipe pode perder a gordura que tinha no G6.

Camilo não fica em cima do muro e diz que vai secar os rivais diretos do Botafogo na briga pela Libertadores para que a folga na pontuação permaneça considerável faltando três rodadas para o fim do Brasileiro.

"Precisa ligar o alerta. Para vaga na Libertadores não pode ter esse tipo de resultado. Vitória deixaria em situação confortável. Agora é buscar fora e torcer contra os adversários para não encostarem na gente", disse Camilo.

"Faltou entrar. Sabia que era jogo perigoso. Chapecoense joga muito bem fora de casa. Sai para o jogo e complica. Faltou para gente a bola entrar. Duas na trave e várias defesas do Danilo. Levamos um gol de bola parada no primeiro tempo. Voltamos no segundo e levamos o segundo em um contra-ataque", concluiu o camisa 10.

Neílton diz que Botafogo vai melhor contra times grande

Neílton, por outro lado, deu uma explicação diferente. Para o atacante, o Botafogo normalmente encontra dificuldades contra equipes que jogam fechadas na defesa. Ele não nega a preferência de enfrentar grandes equipes do futebol brasileiro. O Alvinegro terá pela frente Palmeiras, em São Paulo, Ponte Preta, no Rio, e Grêmio, em Porto Alegre.

"Esperar o melhor de cada um, da equipe. Normalmente temos dificuldades contra essas equipes. Foi assim desde o início do Brasileiro. Mas brigamos pau a pau com equipes grandes. Gostamos desses jogos. Vencer uma das três para chegar à Libertadores", finalizou Neilton.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos