Figueirense empata no fim e mantém Corinthians em jejum e fora do G-6

Do UOL, em São Paulo

O Corinthians parecia ter a vitória encaminhada na noite desta quarta-feira, mas o Figueirense alcançou o empate nos acréscimos com Rafael Moura, em impedimento. Com o placar de 1 a 1 no Orlando Scarpelli, a equipe corintiana continua fora do grupo de acesso à Copa Libertadores. Camacho, no primeiro tempo, havia aberto o marcador. 

Agora com 51 pontos, o Corinthians, que entraria no G-6 com a vitória, segue na sétima posição e já não vence há um mês. O Figueirense, com possibilidades remotas de escapar do rebaixamento, terá chances de permanência, pelo menos, até a rodada do fim de semana. Com 35 pontos, está a cinco do Vitória, o primeiro acima da zona de descenso e rival em partida decisiva no domingo. Restam três rodadas (9 pontos) para o fim do Brasileiro.

Rafael Moura joga um banho de água fria sobre os corintianos

Um gol impedido nos acréscimos, por meio de bola parada, permitiu ao Figueirense alcançar o empate com a vitória pessoal de Rafael Moura sobre Pedro Henrique pelo alto. O centroavante, campeão brasileiro pelo Corinthians em 2005, já havia marcado anteriormente, também impedido e que foi corretamente anulado.

Camacho joga mais à frente e marca para o Corinthians

Eduardo Valente/Framephoto/Estadão Conteúdo
Camacho anotou gol do Corinthians em Floripa

Não foi um dia de grande inspiração para os corintianos, mas o meia ex-Audax criou, quase sozinho, o lance do único gol corintiano. Passou pela marcação do Figueirense e acertou bonito chute - Gatito Fernández não pulou bem na bola e deixou passar. Foi o primeiro gol de Camacho com a camisa do Corinthians. 

O melhor: Rodriguinho

Com a braçadeira de capitão, mostrou novamente por que é um dos poucos destaques do ano. Chamou a responsabilidade, criou ótimas situações e foi o diferencial corintiano em campo.

O pior: Marquinhos Gabriel

Foi a terceira partida consecutiva ruim do jogador de quem se espera muito mais. Errou domínio, tropeçou e pouco criou. Seja pela direita ou pela esquerda.

Figueirense ganha sobrevida com empate e decide a vida no domingo

Se as chances de rebaixamento do Figueira eram de 98% até o começo da rodada, agora a permanência passa a ser um objetivo mais que remoto, mas houve uma sobrevida por conta do empate. Assim, o jogo de domingo é mais do que decisivo, pois marca visita ao Vitória no Barradão. Trata-se justamente do principal rival pela permanência. 

Léo Santos estreia bem; Pedro Henrique volta a ser batido em gol

Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians
Léo Santos, 17 anos, teve ótima estreia nos profissionais

A defesa que teve as presenças de Walter, recuperado de lesão, e Fagner, que voltou às pressas da seleção, teve também atuação segura de Léo Santos, 17 anos e estreante da noite. Já o companheiro Pedro Henrique voltou a ser superado em um gol sofrido pelo Corinthians - foi assim, recentemente, contra Chapecoense e Cruzeiro. Ele perdeu no alto para Rafael Moura, que estava impedido em poucos centímetros. 

Corinthians progride pouco após mais 9 dias de treinamento com Oswaldo 

A mudança no posicionamento de Camacho foi uma escolha pessoal do treinador e se mostrou decisiva para o gol corintiano. Giovanni Augusto, Lucca e Marquinhos Gabriel, porém, os homens mais avançados, voltaram a jogar mal. O desempenho ofensivo como um todo, aliás, foi o ponto baixo da equipe. No que diz respeito à defesa, o comportamento era positivo até o gol anotado por Rafael Moura. 

Marquinhos Santos manda o time ao ataque e é premiado

Contratado na reta final do ano, com o rebaixamento quase encaminhado, Marquinhos tentou uma equipe mais ofensiva no início e durante o jogo e acabou premiado. Foram três modificações ofensivas, com Everton Santos, Matheusinho e Yago, até o gol de Rafael Moura. 

Giovanni Augusto acerta a trave na volta ao Scarpelli

Gol anulado do Figueirense. Rafael Moura estava impedido

Oswaldo ganha pelo menos três problemas para duelo com o Internacional

O meia Rodriguinho e o atacante Lucca receberam o terceiro cartão amarelo e não participarão do jogo de segunda-feira, em Itaquera. Giovanni Augusto, por sua vez, foi expulso nos acréscimos. Além deles, o volante Willians sentiu problemas musculares e pode ser problema. Por outro lado, devem retornar Guilherme, Balbuena, Vílson e Romero. Uendel é dúvida.

FIGUEIRENSE 1 x 1 CORINTHIANS

Data e hora: 16/11/2016, quarta-feira, às 21h50 (horário de Brasília)
Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Arbitragem: Anderson Daronco (RS), auxiliado por Elio Nepomuceno de Andrade Jr e Jorge Eduardo Bernardi (ambos RS)
Gols: Camacho, aos 45min do primeiro tempo, e Rafael Moura, 
Cartões amarelos: Ayrton, Marquinhos, Jackson Caucaia, Rodriguinho e Lucca
Cartão vermelho: Giovanni Augusto

Figueirense: Gatito Fernández; Ayrton, Marquinhos, Werley e Pará; Jackson Caucaia (Everton Santos) e Josa; Ferrugem (Yago), Elvis (Matheusinho) e Lins; Rafael Moura. Treinador: Marquinhos Santos.

Corinthians: Walter; Fagner (Léo Príncipe), Léo Santos, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Willians; Giovanni Augusto, Camacho, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel (Marlone); Lucca (Gustavo). Treinador: Oswaldo de Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos