Celso Roth se despede e diz que demissão foi de 'comum acordo'

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Divulgação SC Internacional

    Celso Roth durante treinamento do Inter, no CT do Parque Gigante

    Celso Roth durante treinamento do Inter, no CT do Parque Gigante

Celso Roth chegou rapidamente para se manifestar após a confirmação de sua demissão do Internacional. Em breve comentário, fez questão de dizer que a saída foi de 'comum acordo' e que de longe torcerá pelo time. 

"Só para não ficar no ar, resolvemos tomar uma atitude de comum acordo. Queria dizer que infelizmente a decisão foi essa. Agradeço a direção do Inter e achamos melhor que neste momento o Inter tomar esta atitude. Torço para que tudo se encaminhe da melhor forma possível", afirmou o técnico. 

Roth falou por menos de dois minutos e não abriu margem para perguntas. Segundo o vice de futebol, Fernando Carvalho, a opção pela demissão se dá, também, pela relação com os torcedores, que vaiavam Celso Roth repetidamente. 

O dirigente ainda fez questão de dizer que um novo treinador será anunciado em no máximo 24 horas. Dois nomes são cotados de pronto: Lisca e Antonio Carlos Zago. 

Celso Roth encerra sua terceira passagem pelo Inter com 22 jogos, foram 6 vitórias, 6 empates e 10 derrotas, totalizando 36% de aproveitamento.

A queda de Roth aconteceu em seguida do empate em 1 a 1 com a Ponte Preta, que manteve o Inter na zona de rebaixamento e gerou grande protesto da torcida. Cerca de 50 aficionados entraram em confronto com a Brigada Militar nos arredores do estádio vermelho depois do jogo. 

 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos