Dorival acredita no título e elogia 2 reforços do Santos após vitória

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

Após a vitória do Santos contra o Vitória por 3 a 2 nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Dorival Júnior fez questão de dizer que acredita no título brasileiro.  A vitória contra os baianos faz o Santos voltar para a segunda colocação, com 67 pontos ganhos, ultrapassando novamente o Flamengo, que na quarta havia batido o América-MG.

A vitória também deixou o Santos a quatro pontos do líder Palmeiras, que empatou por 1 a 1 com o Atlético-MG e soma 71 pontos na liderança. 

A equipe santista encara Cruzeiro e Flamengo fora de casa e encerra a sua participação no Campeonato Brasileiro, diante do América-MG, na Vila Belmiro. Já o Palmeiras, líder da competição e favorito ao título, encara Botafogo e Chapecoense em casa e Vitória fora, na última rodada.

"Temos de acreditar sempre, buscar fazer nossa parte, realizar da melhor forma possível dois compromissos muito complicados e depois um terceiro. Vejo jogos decisivos para todo mundo, não só para o Santos. Todos terão dificuldades. O nível de pressão, o lado emocional... Tudo isso tem um peso considerável. Não podemos descartar chance alguma. O futebol nos prega muitas peças, condições de alcançarmos resultados inesperados.

Após a vitória nesta quinta-feira, Dorival Júnior elogiou dois reforços contratados pela diretoria santista nesta temporada – o atacante Jonathan Copete e o volante Yuri. O primeiro marcou dois gols na partida, enquanto Yuri jogou improvisado na zaga e melhorou a saída de bola da equipe.

Pupilo de Fernando Diniz no Audax, Yuri se destaca pela técnica, passes certos e por evitar 'chutões' para o ataque.

"Yuri executa varias funções em campo, tem personalidade, não sente a partida. Confia nas suas condições e tem contribuído consideravelmente para o desempenho da equipe. Ora em uma função, ora na outra. Foi uma bela aquisição, assim como o belo Copete. Hoje se torna um artilheiro da equipe, tem participado da maioria dos nossos gols. Quando a coisa não acontecem, costuma sobrar para ele ao longo da partida. Participa e se entrega em uma totalidade ao longo dos 90 minutos. É isso que faz com que ele construa boas jogadas", concluiu. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos