Atlético-MG abre mão do Brasileiro e foca na Copa do Brasil em 2016

Enrico Bruno, Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

O Campeonato Brasileiro tornou-se plano B para o Atlético-MG no Campeonato Brasileiro. O empate com o Palmeiras deixou os mineiros a cinco pontos do Flamengo, terceiro colocado da competição nacional. Não é à toa que a equipe passa a sonhar com a Copa do Brasil, torneio em que enfrenta o Grêmio na final (primeiro jogo será na próxima quarta, dia 23).

Ao término do confronto, Marcelo Oliveira fez elogios à atuação do time de Belo Horizonte. Ele ainda crê que o resultado é importante para o torneio de mata-mata:

"Fica um sentimento de fortalecimento para os próximos jogos, principalmente para a final da Copa do Brasil", declarou o treinador do Galo.

Embora não tenha alcançado o triunfo no Horto, o técnico da equipe mineira crê que a apresentação foi suficiente para agradar os torcedores que compareceram ao local:

"Naturalmente que agradou a torcida, mas me agradou também. Coincidentemente, tivemos mais tempo para treinar e descansar. O time teve uma resposta muito boa. O primeiro tempo quase perfeito, não foi perfeito porque levamos um gol, erro de uma bola, algo que foi alertado. O Palmeiras, pela posição da tabela e pelas características dos jogadores, jogaria no nosso erro", disse.

"Mas estávamos satisfeitos, só precisávamos corrigir as jogadas, pecando um pouco na última jogada, na hora da tabela. Mesmo assim tivemos algumas oportunidades. Foi um grande jogo, fica o sentimento de um empate com sabor de derrota", acrescentou.

Quer receber notícias do Atlético-MG de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos