Fase de Copete empolga Santos a buscar reforços sul-americanos

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ivan Storti/ Santos FC

    Copete é o principal artilheiro do Santos no Campeonato Brasileiro, com dez gols

    Copete é o principal artilheiro do Santos no Campeonato Brasileiro, com dez gols

A fase do atacante Jonathan Copete mexeu com a diretoria do Santos nos bastidores. Isso porque a ala da diretoria santista que faz lobby por reforços sul-americanos ganhou força na Vila Belmiro. Empolgados com o colombiano, artilheiro do time no Campeonato Brasileiro, os dirigentes santistas buscam gringos para reforçar o elenco, principalmente colombianos.

Um deles, aliás, já está contratado. Trata-se de Vladimir Hernandez, do Junior Barranquilla. A diretoria santista, inclusive, ouviu as referências de Copete sobre o "Pequeno Gigante", como é conhecido o colombiano por causa de sua baixa estatura (1,60m).

A diretoria santista também seguiu a mesma linha para abrir negociações com três ex-companheiros de time de Copete – o meia venezuelano Guerra e os atacante Berrío e Ibargüem, todos atuam no Atlético Nacional, da Colômbia.

Os nomes também agradam ao técnico Dorival Júnior. O treinador considera contratações caras, mas avisou que a diretoria santista está atenta ao mercado sul-americano.

"Seriam bem-vindos, depende de muita coisa. Mas são jogadores que se mantiverem o que vem apresentando com certeza estariam ajudando muito a nossa equipe. Naturalmente, ainda existe uma distância muito grande. São jogadores valorizados, caros, o Santos está atento ao mercado, vasculhando de um modo geral", afirmou Dorival.

Segundo Blog do Perrone, um empresário com trânsito no alvinegro e que prefere não ser identificado, voltará a trabalhar pelo negócio após o Mundial de Clubes da Fifa.

O principal obstáculo para o time do litoral é o interesse do Palmeiras, que inflaciona a negociação. Mas é justamente esse o ponto que o agente pretende atacar. Dirá ao jogador que o elenco palmeirense é maior do que o santista e com uma briga mais intensa por posições. Assim, ele teria mais oportunidades para jogar se desembarcar na Vila Belmiro, mesmo atuando na posição de Lucas Lima.

Além do trio do Atlético Nacional, o Santos esteve de olho em Borja, artilheiro do ex-time de Copete. Mas logo saiu da disputa por considerar o centroavante muito caro. O zagueiro uruguaio Walter Ibáñez, do Alianza Lima, do Peru, foi oferecido e está sendo analisado.

Copete vira artilheiro e 'garçom' do Santos no Brasileiro

Copete foi decisivo nos últimos jogos do Santos no Brasileirão – contra Palmeiras, Ponte Preta e Vitória, marcando os gols da vitória em todos eles. Contra o time baiano, por exemplo, o colombiano marcou dois gols e ainda sofreu o pênalti que originou no gol de Ricardo Oliveira.

Os últimos gols levaram Copete a posição de maior goleador do Santos no Campeonato Brasileiro, com dez gols, ao lado de Vitor Bueno. Ele ainda é o maior garçom do time, com cinco assistências a gol, ao lado de Jean Mota, no Campeonato Brasileiro.

A boa fase no Santos rendeu a Copete a sua primeira convocação para a seleção colombiana na carreira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos