Artilharia de Fred é o objetivo que resta ao Atlético-MG no Brasileirão

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • ANDRÉ YANCKOUS/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

    Fred já marcou 13 gols no Brasileirão. Foram 11 pelo Atlético e dois pelo Fluminense

    Fred já marcou 13 gols no Brasileirão. Foram 11 pelo Atlético e dois pelo Fluminense

Com o foco todo na final da Copa do Brasil, o Atlético-MG entra em campo neste domingo, às 19h30, para enfrentar o rebaixado Santa Cruz. Em função da prioridade dada à decisão do outro torneio, o técnico Marcelo Oliveira optou por escalar uma equipe alternativa, já que pouca coisa está em jogo para o Atlético nas últimas três rodadas do Brasileirão. 

Já classificado para a próxima Copa Libertadores, mas sem nenhuma chance de ser campeão nacional, o máximo que o Atlético ainda pode fazer é pegar um lugar no G-3. Mas como é algo que depende de uma grande combinação de resultados, dificilmente o clube mineiro não vai terminar a competição no quarto lugar.

Do time que vai enfrentar a equipe pernambucana, um jogador busca algo ainda mais especial. O atacante Fred busca confirmar a artilharia do Brasileirão, pela terceira vez na carreira, igualando feito que somente Dadá, Túlio e Romário já conseguiram na história da competição.

Sem poder jogar na Copa do Brasil, pois defendeu o Fluminense nas primeiras fases do torneio, Fred vai ser o grande nome do Atlético nesta reta final do Brasil. Sem ter de dividir as atenções com Victor, Robinho ou Lucas Pratto.

"Quanto à artilharia, é consequência, não é objetivo pessoal. Lógico que, se vier, será muito bem-vinda para mim. Atacante vive de gols e será bem legal. Mas nada de fissura ou ficar louco correndo atrás disso", dizia Fred algumas rodadas atrás, enquanto o Atlético ainda tinha chances de título.

Neste momento, Fred é artilheiro do Brasileirão ao lado de Diego Souza, cada um com 13 gols. Mas além do jogador do Sport, o atacante do Atlético tem outros importantes concorrentes na disputa. São três jogadores com 12 gols cada na lista da artilharia. Robinho, também do Atlético, Gabriel Jesus, do Palmeiras, e William Pottker, da Ponte Preta.

Em seis oportunidades o artilheiro do Brasileirão foi um jogador do Atlético. Dadá Maravilha, duas vezes, Reinaldo, Renaldo, Guilherme e Diego Tardelli. A última vez foi em 2009, quando Tardelli marcou 19 gols, dividindo o posto de goleador máximo com Adriano, do Flamengo. Já Fred, foi artilheiro do Brasileirão em 2012 e 2014, ambas pelo Fluminense.

FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ X ATLÉTICO-MG
Data:
20 de novembro de 2016, domingo
Horário: 19h30 (de Brasília)
Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Arruda, no Recife (PE)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Correa e Dibert Pedrosa Moises (ambos do RJ)

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Vítor, Neris (Luan Peres), Danny Morais e Roberto; Marcílio (Danilo Pires), Jadson, João Paulo e Léo Moura; Keno e Grafite.
Técnico: Adriano Teixeira.

ATLÉTICO-MG: Giovanni, Marcos Rocha, Edcarlos, Jesiel e Leonan; Rafael Carioca, Lucas Cândido, Carlos Eduardo e Cazares; Clayton e Fred.
Técnico: Marcelo Oliveira.

Quer receber notícias do Atlético-MG de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos