Obrigação há 15 dias, Atlético-MG depende de xará e Santos para ficar ao G3

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

No dia 6 de novembro, o Atlético-MG perdeu por 2 a 0 para o Coritiba e praticamente deu adeus ao título do Campeonato Brasileiro. Frustrado e irritado com a péssima exibição do time, o presidente Daniel Nepomuceno declarou que terminar a competição entre os três primeiros colocados era uma das obrigações do time nesta reta final de temporada.

"Agora é inadmissível ficar fora desse G3, é inadmissível perder esse título. É cobrar, cobrar e cobrar", disse Nepomuceno, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Passados 15 dias, o Atlético não conseguiu voltar ao G3. Para piorar, o time alvinegro já soma quatro rodadas sem vitórias no Brasileirão, o que complicou a briga por um lugar entre os três primeiros colocados. Restando dois jogos para o enceramento da competição, o máximo que o Atlético consegue é ficar em terceiro. A quarta posição já está garantida. O tropeço da vez foi com o Santa Cruz, mas com o Atlético jogou com os reservas, já que na quarta-feira começa a decidir a Copa do Brasil, com o Grêmio.

"A primeira oportunidade era colar no Flamengo e chegar no G3, que era o objetivo. Continua sendo, mas ainda mais difícil. Sabíamos da dificuldade de jogar com um time formando por jogadores que não estão jogando, desentrosado. Então era necessário estarmos organizados e ter uma superação, acima de tudo", disse o técnico Marcelo Oliveira, que lamentou o resultado de 3 a 3, no Recife.

"Era um jogo que poderíamos ter levado uma vitória, mas erramos e alternamos muito durante o jogo. Quando a gente empata em 2 a 2, era para dar uma crescida, mas levamos o jogo, quando o Santa Cruz estava mais recuado".

Embora seja muito difícil, a matemática mostra que ainda é possível o Atlético terminar o Brasileirão na frente do Flamengo. O Santos, com 68 pontos, não pode mais ser superado, pelo número de vitórias. São 21 contra 17. Por outro lado, a equipe paulista vira um aliado do Atlético nesta reta final, já que ainda vai enfrentar o Flamengo.

Na próxima rodada o Santos visita o clube carioca, no Maracanã. Na última rodada, em Curitiba, o time rubro-negro do Rio de Janeiro joga com o Atlético-PR, outro aliado do Atlético na busca por um lugar no G3. O máximo que o Flamengo pode fazer é um ponto. Nesse caso, a equipe mineira precisa vencer São Paulo e Chapecoense, seus dois últimos adversários na edição 2016 do Brasileirão, em Belo Horizonte e Chapecó, respectivamente.

Quer receber notícias do Atlético-MG de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos