Diretor do Corinthians promete quitar salários atrasados nesta terça-feira

Do UOL, em São Paulo

  • Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Emerson Piovezan, diretor de finanças do Corinthians, afirmou nesta segunda-feira (21), em entrevista à Rádio Globo, que o clube pagará já nesta terça-feira os salários atrasados do elenco. Os jogadores não receberam o montante referente ao mês de outubro. 

Segundo ele, o atraso se deu devido a um "descompasso" no fluxo de dinheiro do time. "O que aconteceu foi um descompasso no fluxo por falta de pagamento de recebíveis que tínhamos de receber, mas não foram honrados. Não deverá voltar a ocorrer, para os próximos compromissos nós estamos planejados dentro do nosso fluxo normal".

"A gente já está equacionando o problema, até amanhã resolveremos isso. Acredito que conseguiremos fazer isso amanhã porque praticamente fechei tudo hoje", acrescentou.

Piovezan ainda afirmou que o Corinthians deverá fechar 2016 "no azul", com saldo positivo no setor financeiro. 

Sobre contratações, o diretor evitou planejar a próxima temporada. O Corinthians, explicou o cartola, tem um teto para gastos com salários, mas não deixará de ultrapassá-lo caso entenda ser necessário para reforçar o elenco adequadamente. 

"O futebol é dinâmico. Não podemos falar que vamos estabelecer determinado teto se tivermos a possibilidade de ter algum atleta. Vamos fazer um esforço para ter esse atleta que nos atende, temos uma política em relação ao teto, mas o futebol é dinâmico e isso depende das oportunidades que surgirem no mercado". 

A atuação do alvinegro da capital paulista na janela de transferências dependerá da classificação ou não para a Libertadores de 2017. O clube briga para entrar no G-6 do Brasileirão - atualmente ocupa a sétima posição. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos