Chance remota do Cruzeiro ir à Libertadores depende do rival Atlético-MG

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Juliana Flister/Light Press/Cruzeiro

    Única chance do Cruzeiro voltar à Libertadores é contando com a ajuda do rival Atlético

    Única chance do Cruzeiro voltar à Libertadores é contando com a ajuda do rival Atlético

O empate por 2 a 2 diante do Santos no último domingo praticamente zerou as chances do Cruzeiro conseguir uma vaga na Libertadores de 2017. Com 48 pontos na tabela, faltando ainda mais dois jogos, o time já não pode mais igualar a pontuação do Botafogo, sexto colocado, com 55. Mas a matemática ainda permite uma remota possibilidade da Raposa voltar a jogar o torneio continental. Mas para isso, além de contar com uma combinação muito improvável de resultados no Brasileirão, será preciso também 'torcer' para o maior rival Atlético-MG ganhar a Copa do Brasil e, desta forma, aumentar o G-6 para G-7.

Atualmente, Fluminense, Ponte Preta, Chapecoense, Grêmio e Corinthians são os adversários que o Cruzeiro ainda pode ultrapassar até o final do Brasileiro. Mas a tarefa não é nada fácil, praticamente um milagre. Além de ter 100% nas duas partidas, a maioria desses clubes não poderá ter mais que uma vitória. Alguns deles, como o Corinthians, sequer poderá pontuar e ainda terá que perder no segundo critério de desempate, o saldo de gols. Porém, nenhuma dessas combinações de resultados terá real importância se o Atlético-MG ficar com o vice-campeonato da Copa do Brasil.

A situação é tão complicada que o tema sobre Libertadores, que já era evitado, deixou de vez de ser tratado dentro da Toca da Raposa. O objetivo, agora mais que nunca, é de terminar o ano em alta e com confiança para fazer uma temporada de 2017 bem melhor.

"A gente tem motivos de sobra para terminar bem o ano. Quando nós chegamos, o Cruzeiro estava na zona de rebaixamento, sofreu muito para sair, oscilou e os jogadores sofreram muito. Aos poucos fomos recuperando nossa confiança. Agora a gente precisa dar esse presente para nós mesmo e também para o torcedor do Cruzeiro, que tanto sofreu esse ano", comentou Mano Menezes, já visando os dois últimos jogos, contra Internacional e Corinthians.

Sem tantas pretensões no campeonato, terminar o ano em alta pode significar também conseguir sua melhor posição na tabela de classificação, o que renderá uma premiação mais alta. Em todas as 36 rodadas, o Cruzeiro nunca passou do 12º lugar, sua atual colocação, que rende uma premiação de R$1,15mi. Se conseguir subir mais degraus, poderá aumentar este valor de R$150 mil até R$1,1 milhão.

Apesar da chance remota, o Cruzeiro ainda pode ganhar uma vaga na Libertadores se:

- O Atlético-MG for campeão da Copa do Brasil e o G-6 virar G-7

- O Corinthians não pontuar e ainda terminar com o saldo de gols inferior

- Fluminense e Ponte Preta não vencerem mais que uma partida nos dois jogos restantes

- A Chapecoense somar no máximo dois pontos nos próximos seis disputados

- O Grêmio fizer no máximo um ponto nos dois jogos

Quer receber notícias do Cruzeiro de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos