Há um ano, Matheus Sales era indispensável. Hoje, preterido até do banco

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Rubens Cavallari/Folhapress

    Matheus Sales não joga desde setembro, quando atuaram reservas pela Copa do Brasil

    Matheus Sales não joga desde setembro, quando atuaram reservas pela Copa do Brasil

A final da Copa do Brasil tem início na noite desta quarta-feira, quando Atlético-MG e Grêmio decidem o troféu do torneio nacional. Há um ano, o Palmeiras conquistara a competição e com a colaboração fundamental de Matheus Sales. Em 365 dias, o time alviverde se encontra fora da decisão, e o volante encostado na Academia de Futebol.

Peça importante na decisão contra o Santos pela marcação sobre o meia Lucas Lima, Matheus Sales perdeu espaço sob o comando de Cuca. O último jogo do meio-campista no Campeonato Brasileiro, por exemplo, ocorreu em 24 de julho, na derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG.

Desde então, o volante entrou apenas uma vez em campo. Sales participou da derrota por 1 a 0 para o Botafogo-PB, em duelo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil e disputado há mais de dois meses.

A última vez na qual Matheus Sales figurou no banco de reservas do Palmeiras ocorreu em 19 de outubro, na fase seguinte da Copa do Brasil - empate por 1 a 1 com o Grêmio, pelas quartas de final. Pelo Brasileiro, Sales figurou entre os reservas na vitória por 2 a 0 sobre o América-MG, em 9 de outubro.

Depois de terminar a temporada consolidado como uma promessa palmeirense, Matheus Sales perdeu espaço com os reforços adquiridos por Cuca, especialmente Moisés e Tchê Tchê, que assumiram a posição de titulares no Brasileiro e poucas chances deram aos concorrentes.

O volante de 21 anos, importante no ano passado, disputou 20 partidas na temporada, dez delas pelo Campeonato Brasileiro. O jogador se encontra pendurado, com dois cartões, desde a quinta rodada da Série A, quando atuou nos 90min na vitória por 4 a 3 sobre o Grêmio.

A ausência do xodó palmeirense da Copa do Brasil do ano passado deve-se ao crescimento dos concorrentes durante a disputa da Série A. A regularidade da dupla Moisés e Tchê Tchê minou as chances de Sales neste segundo semestre.

Thiago Santos, homem de confiança de Cuca, assumiu a função de principal substituto para o setor. Cuca preferiu até deslocar Jean para o setor ao optar por Sales e Arouca, outro jogador com poucas oportunidades. Rodrigo, outro volante do elenco, sequer debutou com a camisa alviverde.

Mesmo pouco utilizado, Matheus Sales segue valorizado internamente no Palmeiras. No início do ano, ainda sob a lembrança das atuações de alto nível na final da Copa do Brasil, o volante renovou o contrato até 2020. 

Quer receber notícias do Palmeiras de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos