Mano toma as dores de M. Oliveira e critica trocas de comando no futebol

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Juliana Flister/Light Press/Cruzeiro

    Mano Menezes criticou a mudança constante de treinadores no futebol brasileiro

    Mano Menezes criticou a mudança constante de treinadores no futebol brasileiro

Em sua última coletiva de imprensa na Cidade do Galo, o técnico Marcelo Oliveira falou sobre a surpresa ao ser demitido do Atlético-MG no meio de uma decisão de Copa do Brasil. Um dia após sua saída, o treinador do Cruzeiro, Mano Menezes, tomou as dores do companheiro de profissão e lamentou a forma e o momento em que Marcelo foi tirado do cargo na equipe alvinegra. Sobrou até para o Internacional, adversário celeste neste domingo.

"Embora se tratando do nosso rival, de forma geral sobre o assunto acho que estamos conseguindo piorar as coisas mais do que imaginávamos. Os treinadores estão sendo trocados com muita frequência. O Falcão caiu com cinco jogos, achei que tinha sido o recorde. E agora demitiram o técnico entre dois jogos de uma decisão. Acho mesmo uma falta de respeito. Mas isso são coisas que pertencem aos outro clube, vamos deixar que eles resolvam", comentou Mano.

O Atlético-MG começou a temporada com o uruguaio Diego Aguirre no comando, seguido por Marcelo Oliveira, em maio, e agora irá terminar o ano sob o comando do técnico interino Diogo Giacomini. No Inter, Argel Fucks treinou o time durante o estadual, mas deixou o cargo para a entrada de Falcão. O ídolo colorado ficou à frente do clube apenas por cinco jogos antes de ser trocado por Celso Roth. Por fim, Lisca foi a última aposta da equipe para tentar fechar o ano sem o rebaixamento inédito para a segunda divisão.

Vale lembrar ainda que, no próprio Cruzeiro, as trocas de treinadores foram constantes nas últimas temporadas. Após o bicampeonato brasileiro com Marcelo Oliveira, Vanderlei Luxemburgo ficou cerca de três meses antes da primeira passagem de Mano Menezes. O atual comandante terminou bem o ano de 2015, mas recebeu uma proposta da China e anunciou sua saída. Neste ano, Deivid começou os trabalhos. No Brasileirão, Paulo Bento foi a aposta da diretoria, que também não deu certo. Por fim, Mano Menezes voltou ao clube e afastou a ameaça de descenso para a Série B.

Quer receber notícias do Cruzeiro de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos