Corinthians falha em decisão por Libertadores e só empata com Atlético-PR

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

Bastava vencer o Atlético-PR em Itaquera para não apenas entrar no G-6, mas assumir inclusive a quinta posição. Mas, na noite deste sábado, o irregular Corinthians de 2016 não passou de um empate sem gols contra a equipe paranaense, segunda melhor defesa do Campeonato Brasileiro. No jogo em que teve volume, mas novamente ameaçou pouco, acabou difícil para os corintianos irem à Copa Libertadores.

Com 55 pontos, o Corinthians não dependerá apenas de suas forças na última rodada da Série A, no dia 4 de dezembro, quando visita o Cruzeiro. O Botafogo e o Atlético-PR, ambos com 56 pontos, têm a faca e o queijo na mão, respectivamente contra Grêmio (fora) e Flamengo (casa). A chance de ir à Libertadores com o sétimo lugar praticamente se foi com a provável conquista gremista na Copa do Brasil.

No jogo 100 de Romero, Corinthians sofre sem poder de fogo

Reinaldo Canato /UOL

É uma constante dos corintianos no Brasileirão. Muito volume, troca de passes e poucas oportunidades e pouco poder de conclusão. Neste sábado, o panorama se repetiu com 17 finalizações e nenhum gol. Rodriguinho se esforçou, Camacho apareceu, Marlone conseguiu bons lances, mas faltou um definidor. Romero, em seu jogo 100 com a camisa do clube, mais uma vez se mostrou desconfortável como camisa 9.

Visitante frágil, Atlético-PR joga pelo empate e se dá bem

Reinaldo Canato /UOL
Segundo pior visitante da Série A e na briga por Libertadores, o Atlético-PR tem nos jogos em Curitiba claramente seu ponto forte. Neste sábado, a equipe de Paulo Autuori concentrou seus esforços em se defender e lutar por algum contra-ataque, possibilidade bem controlada pelo Corinthians - a primeira finalização a gol veio quase nos acréscimos. Apesar disso, a segunda melhor defesa do Brasileiro se saiu bem e arrancou empate precioso. 

O melhor: Rodriguinho

Na volta à equipe, mostrou porque é o melhor do Corinthians no Brasileirão. Com mais liberdade que Camacho, conduziu as ações, organizou todo o jogo e ajudou na criação de oportunidades. E ele é candidato a deixar o clube em dezembro...

O pior: Lucas Fernandes

Arma do Atlético-PR para os contra-ataques, o atacante correu, correu e não conseguiu produzir nada. Uendel, que escapava por seu setor, teve excessiva liberdade. Foi substituído no início do segundo tempo.

Cristian perde chance de ouro para vitória do Corinthians

Aos 20min do segundo tempo, a melhor oportunidade foi desperdiçada pelo experiente volante. Marlone e Rodriguinho puxaram bom contra-ataque e Cristian teve espaço e boas condições de marcar, mas errou o alvo. Pouco depois, acabou substituído por Giovanni Augusto. 

Oswaldo discute com torcedor após apito final

O clima esquentou na Arena Corinthians após o fim do jogo. Oswaldo de Oliveira foi xingado por um torcedor, rebateu e acabou discutindo. "Estou tremendo de medo de você", teria dito o técnico, segundo a Rádio Globo.

De volta de lesão, Guilherme nem entra em campo

Jogador mais decisivo do Corinthians, porém marcado por irregularidades, Guilherme sequer foi acionado por Oswaldo de Oliveira. Ele atuou em condições ruins diante do São Paulo e ficou de fora das duas partidas seguintes. De volta ao banco neste sábado, foi preterido por Lucca, Giovanni Augusto e Gustavo, nesta ordem as três opções do treinador corintiano.

Ex-palmeirense observa corintianos

'Chiqui' Arce, ex-lateral direito do Palmeiras e hoje técnico da seleção paraguaia, esteve presente na Arena Corinthians para observar Fabián Balbuena e Angel Romero (foto).

Despedida da Arena em 2016

Reinaldo Canato /UOL
O Corinthians fez neste sábado a sua despedida da Arena Corinthians em 2016. No total, já incluindo a igualdade desta noite, foram 24 vitórias, oito empates e duas derrotas.

Presidente corintiano é internado

Rodrigo Coca/Eleven/Estadão Conteúdo
O presidente corintiano Roberto de Andrade sofreu um mal estar e pressão alta na noite de sexta-feira e precisou ser hospitalizado em São Paulo. Ele ainda deve permanecer internado por mais alguns dias e, desta forma, não pôde estar presente na Arena neste sábado. Além de ser alvo de um processo de impeachment, Roberto de Andrade também enfrenta cobranças por salários atrasados no clube. A intenção da cúpula era colocar todos os pagamentos em dia nesta semana, mas não foi possível. Leia mais

CORINTHIANS 0 X 0 ATLÉTICO-PR 

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP) 
Data: 26 de novembro de 2016 (sábado)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS) 
Auxiliares: Elio Nepomuceno de Andrade Junior(RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS) 
Público/renda: 24.701 pagantes/R$ 1.291.293,00 
Cartões amarelos: Camacho, Rodriguinho, Vilson (Corinthians); Lucho González, Thiago Heleno (Atlético-PR) 

CORINTHIANS
Walter; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Cristian (Giovanni Augusto); Camacho, Marlone, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel (Gustavo); Romero (Lucca)
Técnico: Oswaldo de Oliveira 

ATLÉTICO-PR
Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani (Matheus Rossetto), Lucho González (João Pedro), Pablo e Lucas Fernandes (Nikão); André Lima
Técnico: Paulo Autuori

Quer receber notícias do Corinthians de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos