Palmeiras se divide entre festa, título e eleição para sucessor de Nobre

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras

    Maurício Galiotte (esq) será proclamado presidente do Palmeiras na noite deste sábado

    Maurício Galiotte (esq) será proclamado presidente do Palmeiras na noite deste sábado

Engana-se quem pensa em um final de semana no Palmeiras exclusivamente ligado ao Campeonato Brasileiro. Sim, o foco do torcedor encontra-se no título separado por apenas um ponto, que pode ser conquistado neste domingo, diante da Chapecoense, no Allianz Parque. Entretanto, o futuro do clube e um grande evento na Academia de Futebol separam os palestrinos da partida do final de semana.

O primeiro grande ato de sábado ocorrerá logo cedo. Milhares de torcedores prometeram uma enorme festa em frente aos portões da Academia de Futebol. Com o apoio das principais torcidas organizadas do clube, o elenco receberá o apoio no último trabalho antes do compromisso diante dos catarinenses no domingo.

O apoio organizado tornou-se algo comum para o Palmeiras nesta reta final de Campeonato Brasileiro. Além de idas ao CT – na última sexta-feira, por exemplo, quase uma centena de palmeirenses assistiu ao treino -, o 'Aeroporco' ganhou a marca palestrina; milhares lotaram o saguão do Aeroporto de Congonhas antes do embarque do elenco para o jogo contra o Atlético-MG, na semana passada.

Enquanto parte da torcida apoia o time, os sócios definem o futuro do clube a partir das 10h (de Brasília), quando se inicia a votação para o próximo presidente no biênio 2017/2018.

A eleição deste ano, ao contrário da comum divisão de forças na política do Palmeiras, se mostra como algo apenas protocolar. Maurício Galiotte, sob a bênção de Paulo Nobre, é candidato único e assumirá a principal cadeira da diretoria palmeirense a partir do próximo dia 15.

A chegada de Galiotte à presidência significa uma mudança comportamental no principal cargo do Palmeiras. Enquanto Nobre colecionou tensões com Crefisa/FAM e WTorre, o futuro mandatário possui um perfil diferente e melhores relações com patrocinadora e construtora da arena, respectivamente.

Desta forma, o acordo com a Crefisa – chegou a R$ 66 milhões neste ano e deve aumentar para 2017 – se encontra próximo de um fechamento. A renovação com a patrocinadora encontra-se como uma das prioridades no início de mandato de Galiotte; mesmo antes da eleição, as duas partes já se aproximaram de firmar um novo acordo.

O final de semana movimentado ainda ganha um último capítulo no domingo – o mais importante para o torcedor, obviamente. Em caso de empate diante da Chapecoense no domingo, a partir das 17h (de Brasília), o Palmeiras conquistará o primeiro título brasileiro em 22 anos.

Quer receber notícias do Palmeiras de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos