Sonho de título: 'milagres de Elano' motivam Santos contra o Flamengo

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/SantosFC

    Elano viveu superações em 2002 e 2004 para conquistar os títulos brasileiros pelo Santos

    Elano viveu superações em 2002 e 2004 para conquistar os títulos brasileiros pelo Santos

O Santos ainda acredita no título do Campeonato Brasileiro deste ano. O elenco santista se inspira nos "milagres" vividos pelo meia Elano na década passada para apostar em uma vitória do Flamengo neste domingo, às 17h (de Brasília), no Maracanã, e em uma derrota do Palmeiras diante da Chapecoense, no mesmo dia e horário, no Allianz Parque.

Elano, um dos lideres do atual elenco santista e que já anunciou que será auxiliar-técnico do Santos em 2017, passou suas experiências e superações para conquistar os títulos brasileiros de 2002 e 2004 pelo alvinegro praiano.  

Em 2002, o título que encerrou um longo jejum santista precisou de um milagre para acontecer. Apesar da campanha quase impecável nos mata-matas – 5 vitórias em 6 partidas, passando por São Paulo, Grêmio e Corinthians – a classificação só foi assegurada devido a um resultado improvável na última rodada da primeira fase da competição.

A equipe liderada por Diego e Robinho chegou para a partida diante do São Caetano, no ABC Paulista, na sexta colocação, com 39 pontos. Mesmo assim, precisava vencer para passar adiante sem depender de resultados.

Os comandados do técnico Emerson Leão perderam por 3 a 2 e chegaram a lamentar, dentro de campo, a eliminação. O milagre foi o tropeço do Coritiba, que tinha a mesma pontuação, mas perdeu para o Gama, já rebaixado, por 4 a 0. O Santos, assim, ficou com a oitava vaga pelo saldo de gols.

Dois anos depois, em 2004, outro tropeço inesperado também colaborou para o título. Dessa vez, aconteceu na penúltima rodada. A dois pontos do líder Atlético-PR, o Santos só ultrapassou o rival direito na briga pelo título pela vitória inesperada do Vasco por 1 a 0, no Rio de Janeiro, contra os paranaenses.

A equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo também fez a sua parte vencendo o São Caetano por 3 a 0, no Anacleto Campanella, com gols de Elano, Ricardinho e Deivid. Na última rodada, diante do mesmo Vasco, o Santos derrotou por 2 a 1 jogando em São José do Rio Preto e conquistou novamente o Brasileiro.

Para enfrentar o Flamengo, o técnico Dorival Júnior confirmou Yuri ao lado de David Braz na zaga. Com isso, o argentino Fábian Noguera volta para o banco de reservas. Dorival prefere Yuri por questões técnicas e táticas. No entanto, o treinador também repreendeu o argentino por pedir desculpas aos torcedores pelo erro no gol do Cruzeiro no último domingo, no Mineirão. Pelas redes sociais, o argentino ainda alegou que não teve tempo para se recuperar do lance pois foi substituído ainda no primeiro tempo.

"É tática (decisão sobre zaga titular). Yuri tem boa saída de bola, ficamos com excelente opção, mudamos um pouco a postura da equipe. Vamos ver se as coisas acontecem. Ele marca bem, mas sai muito bem pro apoio. Executa algumas funções", disse.  

"Eu não vejo assim: não concordo com isso, de um atleta chamar individualmente a responsabilidade. Outro dia ele fez o gol e nem por isso saiu como melhor da partida. Erro é coletivo, quem assume é o treinador. É um erro nosso, coletivamente ganhamos, coletivamente perdemos. Postura de homem dele, acima de tudo, mas não tem necessidade, sabemos nossa responsabilidade", completou.

Desta forma, o Santos entra em campo com a seguinte formação: Vanderlei, Victor Ferraz, Yuri, David Braz e Zeca; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos