Após eleição e sem objetivo, Flu vê futebol abandonado em fim de ano

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

Para o torcedor do Fluminense, o dia em que seu time entra em campo deixou de ser algo feliz. Com o revés para o já rebaixado Figueirense, no último domingo (27), o Tricolor chegou à vergonhosa marca de nove jogos sem vencer – seis derrotas e três empates. Nenhuma outra palavra define melhor o momento do Tricolor do que desmotivação.

Após se complicar na luta por uma vaga na Libertadores 2017, o Fluminense despencou na tabela – já é o 12º colocado. Sem objetivo na temporada, o time perdeu o brio demonstrado em determinado momento da competição.

Além disso, a eleição no Fluminense elegeu Pedro Antônio como novo presidente. A promessa é de uma reformulação completa no departamento de futebol. O atual diretor executivo, por exemplo, já sabe que não permanecerá no clube ano que vem. Marcão, por outro lado, sabe que voltará a ser auxiliar técnico – Roger Machado é o favorito para assumir.

Pedro Abad já estava insatisfeito com o futebol do clube no último sábado, quando ganhou a eleição presidencial. Nesta segunda-feira o sentimento deve ter se agravado ainda mais. 

De acordo com a programação do Fluminense, os jogadores terão folga nesta segunda-feira (28) e se reapresentarão somente na terça-feira, às 16h, no Centro de Treinamento Pedro Antônio Ribeiro da Silva, na Barra da Tijuca. Existe a possibilidade do novo presidente Pedro Abad ter uma conversa com os atletas para se apresentar.

Quer receber notícias do Fluminense de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos