Para evitar prejuízos, Flu troca Maracanã por Edson Passos contra o Inter

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Mailson Santana / Site oficial do Fluminense

Já sem maiores objetivos no Brasileiro, o Fluminense decidiu por mandar o jogo contra o Internacional no estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos. Inicialmente marcado para o Marancanã, o Tricolor mudou de ideia por conta do alto custo do estádio.

Essa é uma preocupação da atual gestão do Fluminense, que pretende contar com dois estádios para definir jogo a jogo qual deles utilizará. Em princípio, o Maracanã ficaria para jogos maiores, como clássicos e outros específicos.

Os demais seriam realizados em Edson Passos, com quem o Fluminense tem contrato até o meio do ano. Para o Brasileiro, por exemplo, o Tricolor terá que iniciar uma nova negociação com o América, dono do estádio.

Para se ter um exemplo, o Fluminense utilizou o Maracanã em dois jogos no Brasileiro. Contra o Vitória, com preços normais, o clube teve um lucro pequeno com pouco mais de 20 mil torcedores. Já diante do Atlético-PR, o Tricolor fez promoção e a torcida chegou em peso: quase 40 mil. Isso, porém, não impediu o prejuízo. 

Assim, é provável que a partida do Fluminense contra o Internacional tenha um clima de alçapão. O estádio em Edson Passos tem capacidade para pouco mais de 10 mil torcedores e tem retrospecto positivo para o Tricolor.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos