Fórmula 1 e "pequeno sinal". Como Inter tenta mobilizar o time

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Diego Vara/Reuters

Remobilizar o grupo de jogadores não será uma tarefa fácil, mas o Internacional já deflagrou o processo. Na luta para superar o abalo emocional citado pelos atletas, em duas manifestações públicas na última semana, a comissão técnica cita vários elementos. A Fórmula 1 e aquilo que Lisca chama de "pequeno sinal" estão na lista.

A analogia com a F1 é usada para tratar da diferença de pontos em relação a Vitória e Sport. O time baiano tem três pontos a mais e saldo melhor (-1 contra -6). Já a equipe pernambucana está dois pontos a frente do Colorado, mas tem saldo de gols pior (-8 contra -6).

"Acreditar em um resultado paralelo sempre é ruim, ninguém nega que a situação é difícil. Mas há uma possibilidade e é com ela que vou trabalhar. O Sport é um grande clube, que eu conheço e admiro. Comparo muito com a Fórmula 1. Chegar é uma coisa, ultrapassar é outra. E na obrigação, é sempre mais difícil. Nós sabemos bem disso", comentou Lisca.

O desempenho do Sport nas rodadas anteriores também é lembrado como uma espécie de alento. Sem vencer nas últimas duas partidas, a equipe de Recife trocou uma salvação quase certa pelo drama de correr risco até o final.

"O Sport não pontuou nas últimas rodadas. Ou seja, poderíamos estar em uma situação mais complicada, o Sport poderia estar fora do nosso alcance se tivesse vencido o América-MG. Acredito muito em alguns sinais, situações. Mas é claro que precisamos fazer a nossa parte", lembrou o treinador do Inter.

Na 36ª rodada o Sport perdeu para o Atlético-PR por 2 a 0, em Curitiba. E depois, empatou com o América-MG, em Belo Horizonte, em dois gols. No mesmo período, o Colorado perdeu para o Corinthians, 1 a 0 em Itaquera, e venceu o Cruzeiro em casa, pelo placar mínimo.

"Não está fácil? Não. Mas não está impossível. E matematicamente não acabou. Nós vamos até o final, se a rodada acontecer", afirmou Lisca.

De acordo com o site Chance de Gol, o Internacional tem 90,7% de probabilidade de cair para a Série B do Campeonato Brasileiro. O Sport reúne 9,1% e o Vitória 0,2%.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos