Ressaca de título antecipa fim de ano do Grêmio e esfria último jogo

Do UOL, em Porto Alegre

  • JEFFERSON BERNARDES/AFP

    Grêmio deverá usar time completamente reserva contra o Botafogo

    Grêmio deverá usar time completamente reserva contra o Botafogo

A conquista da Copa do Brasil esfriou o último jogo do Grêmio em 2016. No domingo (11), o time gaúcho recebe o Botafogo pela 38ª rodada do Brasileirão e vários jogadores titulares sequer estarão em Porto Alegre. A partida servirá para dar oportunidade aos suplentes e a chance da torcida voltar ao estádio após ir à forra do jejum sem títulos.

A ausência de alguns jogadores vitais ao time se justifica também pelo calendário. O adiamento da temporada, após a tragédia com o voo da Chapecoense, criou um problema de logística a todo clube brasileiro.

Com uma semana a mais de agenda, as férias programadas aos jogadores foi afetada. E o efeito dominó poderá ser sentido no começo de 2017. Por lei, os jogadores têm direito a 30 dias de descanso. E a retomada das atividades não pode ser retardada demais.

"Os outros estão fazendo isso (dando férias antes da última rodada) e começarão a pré-temporada antes de nós. Se nós ficamos com o elenco todo até domingo, entrarão os jogadores sem férias e voltaremos para per temporada de forma atrasada em relação a quase todos os demais clubes", disse Adalberto Preis, vice de futebol do Grêmio.

Na sexta-feira, o volante Wallace foi um dos que registou o início das férias. No Instagram, o camisa 12 publicou fotos diretamente de Cancún, no México. Outros jogadores também não voltarão a treinar mais nesta temporada.

De acordo com a Rádio Bandeirantes, o técnico Renato Gaúcho viajou ao Rio de Janeiro na sexta-feira à tarde. O Grêmio se reapresenta neste sábado e aí divulgará se o ídolo comanda o time na última partida do ano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos