Flu quer sair da crise e não se importa em rebaixar o Inter para isso

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.

    Flu tentará a vitória na despedida de Marcão, que voltará a ser auxiliar em 2017

    Flu tentará a vitória na despedida de Marcão, que voltará a ser auxiliar em 2017

Já são nove jogos sem saber o que é vencer. A frase anterior deixa o clima no Fluminense bastante pesado. O último jogo da temporada, contra o Internacional, neste domingo, às 17h, em Edson Passos, representa o ato final de um ano sofrido para o torcedor das Laranjeiras.

Apesar de ter dado férias a 12 jogadores, o Fluminense manteve o time titular praticamente intacto. Isso porque mesmo sem qualquer aspiração no Campeonato Brasileiro, o Tricolor quer de qualquer maneira reencontrar a vitória. Se isso representar a necessidade de rebaixar o Internacional, problema dos gaúchos.

"Se depender de nós o Inter será rebaixado, sim. Vamos fazer o nosso máximo. A nossa parte é entrar e vencer o jogo. O clube é gigante e quem veste essa camisa não pode ter outro pensamento que não seja vencer. Até tenho [amigos colorados], mas até agora ninguém entrou em contato comigo e se entrar, paciência. Amigos, amigos, negócios à parte. Eu defendo o escudo do Fluminense", explicou o goleiro do Fluminense Julio Cesar.

Técnico do Fluminense até Abel Braga assumir, em janeiro, Marcão prefere motivar os atletas de outra maneira. Para ele, alguns atletas que vinham tendo poucas oportunidades podem entrar no decorrer dos jogos e isso pode mudar a vida deles. Além disso, o grupo sabe que estará sendo observado pelo treinador e precisam mostrar serviço.

"Tem que ter responsabilidade e comprometimento. Você não precisa de motivação maior do que vestir a camisa do Fluminense. Entrou dentro de campo, chegou para o treinamento, tem que ter responsabilidade e comprometimento e fazer um grande jogo. Tem muitos jogadores que queriam estar aqui, muitos que estão aqui não sabem o que vai acontecer. Eles têm a responsabilidade de fazer um grande jogo e esperar a diretoria decidir o que vai acontecer", disse Marcão.  

"O jogador que está vestindo a camisa do Fluminense tem que estar acostumado a todo tipo de pressão e temos que buscar sempre a vitória. A gente fala muito com os meninos que uma partida faz uma diferença absurda. O jogador tem que estar preparado para uma partida. Ele pode não ter jogado o ano todo e nessa partida pode ter alguém olhando e mudar a vida do atleta", encerrou o treinador que voltará a ser auxiliar em 2017.

FLUMINENSE X INTERNACIONAL

Data e hora: 11/12/2016, domingo, às 17h (horário de Brasília)
Local: Edson Passos, na Baixada Fluminense (RJ)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Carlos Berkenbrock (SC)

Fluminense
Julio Cesar; Wellington Silva, Nogueira, Henrique e William Matheus; Edson, Douglas e Gustavo Scarpa; Wellington, Richarlison e Henrique Dourado
Técnico: Marcão

Internacional
Danilo Fernandes; Willian, Paulão, Ernando e Anselmo; Rodrigo Dourado, Anderson, Valdívia e Alex; Vitinho e Nico Lopez

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos