Seis meses depois do adeus, Cuca se sente 'em casa" e já dorme na Academia

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

Cuca nem chegou e já se sente em casa. Recontratado pelo Palmeiras após pouco mais de seis meses, o treinador campeão brasileiro de 2016 dá sinais de que segue à vontade na Academia de Futebol, onde vai voltar a trabalhar a partir desta terça, quando se apresenta ao elenco e à imprensa. 

A familiaridade pôde ser notada já nas primeiras horas como treinador da equipe, ocorridas na noite última segunda-feira. Depois de deixar Curitiba durante o dia, Cuca chegou à Academia de Futebol e já recebeu uma chave do seu quarto no hotel localizado dentro do CT, espaço reformado para esta temporada e novidade para o treinador.

Cuca e seu irmão e auxiliar, Cuquinha, conheceram a nova estrutura da Academia de Futebol antes de iniciarem o trabalho com o elenco; nesta terça-feira, os jogadores trabalharão sob o comando da nova comissão técnica à tarde. Em vez de buscar um hotel, o treinador optou por dormir no próprio CT palmeirense e acelerou a ambientação ao novo lar.

O treinador também deve retomar em breve velhos hábitos que marcaram sua passagem pelo clube, em 2016. Todas as sexta-feiras, por exemplo, o treinador promovia uma 'pelada' entre membros da comissão técnica e funcionários do clube, em um campo menor localizado nos fundos do CT palmeirense. Se com Eduardo Baptista estes amistosos internos ocorreram mais ocasionalmente, já há a expectativa de que as disputas semanais voltem a ser rotina.

Apesar de todos os funcionários conhecerem o 'jeito de Cuca', considerado peculiar para alguns, o treinador é visto como uma pessoa benquista dentro da Academia de Futebol. O próprio treinador, antes de acertar o retorno, já havia demonstrado certo apego pelo clube no qual levantou o troféu de campeão brasileiro.

Cesar Greco/Palmeiras
Calça vinho de Cuca, símbolo do título brasileiro, se encontra na Academia de Futebol

A famosa calça vinho, usada em boa parte dos jogos na campanha do título do ano passado, permanece na Academia de Futebol. Cuca presenteou funcionários com a peça símbolo do ano passado, e a vestimenta segue guardada em uma sala no CT para, no futuro, quem sabe ser exposta no museu do clube, no Allianz Parque.

"Eu deixei a calça com a pessoal do Palmeiras aqui que eles pediram. Aliás, é R$ 350, viu?", brincou ele entre risos na coletiva de reapresentação nesta terça-feira (9). 

A parte do estádio onde estarão troféus, camisetas e itens históricos ainda será devidamente concluída na arena palmeirense. A obra faz parte do projeto inicial com a WTorre, mas ainda não há uma definição sobre quando o espaço estará pronto.

Não é a primeira vez que Cuca torna um objeto pessoal 'patrimônio' de um clube no qual trabalhou. A camisa com a imagem de Nossa Senhora da Aparecida, vestimenta característica do treinador na conquista da Copa Libertadores de 2013 pelo Atlético-MG, é hoje exibida na sede da equipe mineira, no bairro de Lourdes, em Belo Horizonte.

A primeira aparição de Cuca nesta volta ao Palmeiras ocorrerá às 12h (de Brasília) desta terça-feira, horário da entrevista de apresentação do treinador na Academia de Futebol. A partir das 15h30, o técnico comandará a primeira atividade nesta segunda era pelo clube alviverde. A estreia ocorrerá no domingo, às 16h (de Brasília), diante do Vasco, no Allianz Parque, pela primeira rodada do Brasileirão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos