Palmeirenses celebram vitória como "resposta" após troca de comando

Do UOL, em São Paulo

A vitória por 4 a 0 do Palmeiras em cima do Vasco serviu como resposta à pressão que o time sofria pela troca de comando. É essa a análise dos principais jogadores alviverdes que estiveram em campo neste domingo (14), na estreia do Brasileirão.

A partida marcou a reestreia de Cuca, que voltou ao comando do time em que foi campeão cinco meses após deixar o cargo. Fernando Prass foi o primeiro a analisar.

"Estrear assim é importante por tudo o que se passou, especialmente na troca de comando. Sempre esperam uma resposta quando você troca o comando. Não que A ou B seja culpado, mas é que a gente deu uma resposta boa, tirando uns 20 minutos do primeiro tempo que a gente deu chances para eles. Aí o Cuca modificou o Tchê Tchê para a lateral e as coisas se acertaram", analisou Fernando Prass.

O goleiro ainda completou sua análise dizendo que o principal objetivo de Cuca será dar regularidade para o time.

"A gente já tinha jogado bem esse ano. Contra o São Paulo, contra o Santos, Ferroviária e Novorizontino, por exemplo. Mas oscilamos muito e agora vamos provar que não teremos mais isso", completou.

Outro que comemorou a "resposta" foi Dudu. O camisa 7 não marcou nenhum gol, mas sofreu dois pênaltis que foram convertidos por Jean e Borja.

"A gente teve uma atuação boa, mas é manter os pés no chão, porque sabemos que não ganhamos nada. A gente sabe que tinha que dar essa resposta para o torcedor, para que eles voltassem felizes para casa", finalizou.

Cuca relembra 2016 e cita jogo difícil contra o Vasco

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos