Euriquinho segue a linha do pai e projeta Vasco, no mínimo, na Libertadores

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

    Euriquinho está confiante em um bom desempenho do Vasco no Brasileiro

    Euriquinho está confiante em um bom desempenho do Vasco no Brasileiro

O momento é de desconfiança do torcedor do Vasco, mas mesmo após a goleada sofrida por 4 a 0 na estreia no Campeonato Brasileiro contra o Palmeiras, o pensamento da diretoria continua otimista. Durante a apresentação do zagueiro Paulão, o vice de futebol Eurico Brandão, o Euriquinho, seguiu a linha de raciocínio de seu pai, o presidente Eurico Miranda, e também projetou o Cruzmaltino, no mínimo, no grupo dos classificados para a Copa Libertadores do ano que vem.

"Eu cresci e me forjei como torcedor conquistando títulos. Em qualquer condição, entramos para vencer. Se não for possível, a Libertadores. Se hoje temos um poder de investimento menor que outros, não quer dizer que quem tem mais dinheiro vai ganhar", disse.

Antes do início do Campeonato Brasileiro, Eurico Miranda também cravou o Vasco na Libertadores e disse que a equipe ia estar "nas cabeças".

Algumas promessas do dirigente, porém, não se concretizaram. Quando reassumiu a presidência, por exemplo, garantiu que o clube jamais voltaria a ser rebaixado, informando que iria até mesmo para a Sibéria caso isto acontecesse. No ano seguinte, no entanto, o time caiu para a Série B pela terceira vez em sua história.

Na polêmica com o Fluminense sobre o lado das torcidas no Maracanã, também chegou a garantir que o Vasco não jogaria no estádio caso os cruzmaltinos não ficassem à direita das cabines de rádio. Isto acabou não acontecendo e os vascaínos, por duas vezes, já tiveram que ficar à esquerda.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos