Santos leva sufoco do Coritiba, mas vê Vanderlei brilhar e vence a 1ª no BR

Do UOL, em Santos (SP)

Nem parecia que o Santos estava dentro da Vila Belmiro na tarde deste sábado (20). O time de Dorival Júnior jogou mal, viu o Coritiba criar inúmeras chances ao longo da partida, mas contou com tarde inspirada de Vanderlei - que até pegou um pênalti nos acréscimos - e, com um 'gol achado' logo após o apito inicial, venceu a equipe paranaense pelo placar de 1 a 0, em duelo válido pela segunda rodada do Brasileirão.

É a primeira vitória do Santos no Campeonato Brasileiro. Na estreia, o time foi derrotado pelo Fluminense fora de casa. Já o Coritiba faz o contrário: depois de golear o Atlético-GO (4 a 1) na estreia, sofre a sua primeira derrota na competição nacional.

Antes de voltar a entrar em campo pelo Brasileirão, contra o Cruzeiro, dia 28, o Santos tem compromisso pela Libertadores já na próxima terça-feira (23), quando recebe o Sporting Cristal na Vila Belmiro, pela última rodada da fase de grupos. Já classificado, o time do litoral paulista precisa da vitória para confirmar o primeiro lugar da chave sem depender do resultado do outro jogo.

Já o Coritiba terá a semana inteira livre até a próxima partida, contra o Vitória, na Fonte Nova, dia 27 (domingo), pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

O melhor: Vanderlei

Marcello Zambrana/AGIF
Goleiro brilhou com pelo menos quatro grandes defesas ao longo da partida e ainda pegou um pênalti de Alecsandro nos acréscimos.

O pior: Bruno Henrique

Apesar da assistência (sem querer) para o gol, errou demais durante a partida e chegou até a ser um pouco vaiado pela torcida.

Coritiba domina Santos no 1ºT, mas Vanderlei salva

O Santos 'achou' um gol logo aos 7min de jogo. E com polêmica. Após cruzamento para a área, Bruno Henrique conseguiu desvio (com o braço) e a bola sobrou para David Braz, que mandou para as redes. O gol não abalou o Coritiba, que parecia jogar em casa na primeira etapa e construiu boas chances de gol. Vanderlei fez duas grandes defesas e evitou o empate. A única oportunidade do Santos foi com Ricardo Oliveira, que perdeu gol cara a cara com Wilson.

Santos segue mal no 2ºT e mais uma vez conta com Vanderlei

O Santos não melhorou no segundo tempo. Seguiu criando pouco, construindo apenas uma chance (em gol perdido por Bruno Henrique). A pressão do Coritiba, porém, foi menor. Ainda assim, foi o time paranaense quem mais levou perigo ao longo da etapa final. Sorte do Santos que Vanderlei voltou aparecer com boas defesas e um pênalti defendido nos acréscimos - de Alecsandro.

De volta, David Braz marca e se dá presente antecipado

Marcello Zambrana/AGIF
Recuperado de uma lesão na coxa, David Braz voltou aos gramados depois de duas semanas. E logo em seu retorno, balançou as redes um dia antes de completar 30 anos. "Foi Deus que me deu esse presente. Me deixaram sozinho ali e pude ajudar meu time a sair do primeiro tempo com a vitória", disse na saída para o intervalo ao canal Premiere.

Bruxa solta na Vila. Lucas Lima e Walisson Maia saem no 1ºT

O Santos sofreu uma baixa com menos de cinco minutos de partida. Lucas Lima sentiu dores na coxa após ser empurrado e cair de mau jeito e precisou ser substituído – por Rafael Longuine. Já aos 26min, o zagueiro Walisson Maia também sofreu uma lesão e deixou o campo para a entrada de Marcio.

Rafael Longuine faz primeiro jogo após tragédia

Na vaga de Lucas Lima, o técnico Dorival Júnior colocou em campo o meia Rafael Longuine, que fez a sua primeira partida após perder os pais em um acidente de carro. Ele bem que tentou, mas teve atuação apagada e não conseguiu ajudar o Santos a criar.

Ex-Palmeiras, Alecsandro estreia com pênalti perdido

Oficializado pelo Coritiba na semana passada, o ex-palmeirense Alecsandro fez neste sábado a sua estreia com a camisa alviverde, esta de Curitiba. Ele entrou aos 20min do segundo tempo na vaga de Henrique Almeida e conseguiu um pênalti nos acréscimos. Na cobrança, porém, acabou parando em Vanderlei.

SANTOS 1 X 0 CORITIBA 

Local : Vila Belmiro, em Santos (SP) 
Data: 20/5/2017 (sábado)
Árbitro : Wágner do Nascimento Magalhães (RJ) 
Auxiliares : Rodrigo Henrique Correa e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) 
Público/renda: 5.921 Renda: R$ 175.450,00 
Cartões amarelos : Thiago Maia, Leandro Donizete, Vladimir Hernández, Rafael Longuine Copete (Santos); Matheus Galdezani, Neto Berola, Jonas, Getterson (Coritiba) 
Cartões vermelhos : Dorival Júnior (Santos) 
Gol: David Braz, aos 7min do primeiro tempo

SANTOS 
Vanderlei; Matheus Ribeiro (Copete), Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Leandro Donizete e Lucas Lima (Rafael Longuine); Vladimir Hernández (Jean Mota), Bruno Henrique e Ricardo Oliveira
Técnico : Dorival Júnior 

CORITIBA
Wilson, Dodô, Wallisson Maia (Marcio), Werley e William Matheus; Jonas, Matheus Galdezani, Tomas Bastos e Neto Berola (Getterson); Henrique Almeida (Alecsandro) e Kleber
Técnico : Pachequinho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos