Troca de Carille funciona, e Corinthians bate Vitória com mais um gol de Jô

Do UOL, em São Paulo

Em partida de poucas oportunidades neste domingo na Fonte Nova, prevaleceu a eficácia ofensiva do Corinthians. Depois de uma alteração ousada do treinador Fábio Carille, que retirou o volante Maycon e lançou o meia-atacante Marquinhos Gabriel, os corintianos arrancaram para alcançar o triunfo por 1 a 0 em visita ao Vitória. O gol decisivo foi, mais uma vez, do centroavante Jô, que recebeu assistência precisa de Marquinhos e matou a partida.

Depois de tropeçar na abertura do Campeonato Brasileiro dentro de casa, diante da Chapecoense, o Corinthians encontrou sua primeira vitória na Série A. Foi o segundo gol na competição, o segundo marcado pelo goleador Jô, o que deixa os corintianos em posição intermediária da tabela de classificação. Já o Vitória, com somente um ponto, pode acabar a rodada até na zona de rebaixamento. 

O melhor: Jô

Já vinha bem na partida até fazer um gol decisivo, seu segundo no Brasileiro.

O pior: Cleiton Xavier

Sem dinamismo, não encontrou espaços para criar. Foi bem substituído.

Vitória de Petkovic só cria com os pontas

O Vitória que iniciou o Brasileirão com Petkovic no banco de reservas ainda não melhorou sua criação. Diante da forte defesa do Corinthians, Cleiton Xavier não encontrou muitos espaços, enquanto os volantes pouco brilharam. Os melhores lances ocorreram pela movimentação de Paulinho, na direita, e David, à esquerda.

Carille abre o time e é premiado na Fonte Nova

O Corinthians já era melhor em Salvador, mas faltava maior ímpeto para achar a vitória. Romero e Maycon tinham perdido boas oportunidades, e Carille apostou em Marquinhos Gabriel na vaga de Maycon, que estava abaixo da média. A audácia foi premiada logo depois, com o gol marcado por Jô em lance de Marquinhos com Jadson.

Marquinhos Gabriel mostra que pode dar mais ao Corinthians

Ausente em grande parte dos cinco primeiros meses do ano por lesões, Marquinhos Gabriel é jogador admirado por Carille, que barrou sua saída em conjunto com a direção e viu o jogador, enfim, contribuiu em 2017. Foi quase toda dele, com suporte de Jadson, a jogada que se transformou em uma assistência perfeita para o gol de Jô.

Falta de centroavantes – e de gols – no Vitória

Novamente sem Kieza e André Lima, respectivamente artilheiros no ano com 9 e 10 gols respectivamente, o Vitória não conseguiu ir às redes. Das últimas cinco partidas, apenas um gol foi marcado – e contra, pelo colombiano Armero, no Ba-Vi. 

Corinthians volta a perder zagueiro por lesão

Na primeira rodada, Pablo teve problema muscular e virou desfalque. Já neste domingo, mais um problema aparentemente similar. Balbuena sentiu fisgada na coxa direita e pediu substituição – Léo Santos entrou em seu lugar. Para o próximo jogo, em Goiânia, a comissão já espera pelo retorno de Pablo. Já o paraguaio precisará de exames para saber a extensão do problema.

Vitória pede pênalti em bola na mão de Fagner

 

 

VITÓRIA 0 x 1 CORINTHIANS

Local: Fonte Nova, em Salvador (BA)
Árbitro: Péricles Bassols (Pernambuco)
Auxiliares: Cleberson do Nascimento Leite e Clóvis Amaral da Silva (ambos PE)
Cartão amarelo: Marquinhos Gabriel
Gol: Jô, aos 30min do segundo tempo

Vitória
Fernando Miguel; Leandro Salino, Fred, Alan Costa e Geferson; Willian Farias e Uillian Correia (Euller); Paulinho, Cleiton Xavier (Pisculichi) e David; Rafaelson (Jhemerson). 
Treinador: Dejan Petkovic

Corinthians
Cássio; Fagner, Balbuena (Léo Santos), Pedro Henrique e Arana; Gabriel e Maycon (Marquinhos Gabriel); Jadson (Paulo Roberto), Rodriguinho e Romero; Jô. 
Treinador: Fábio Carille

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos