Jogadores do SP revelam alívio após vitória. "Tira um caminhão das costas"

José Eduardo Martins e Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

É inegável que a vitória por 2 a 0 sobre o Avaí nesta segunda-feira valeu mais do que apenas três pontos para o São Paulo. Depois de três eliminações seguidas na temporada, o time comandado por Rogério Ceni ainda perdeu na estreia do Brasileiro, e chegou muito pressionado à segunda rodada. Não por acaso, depois do apito final, os jogadores mostraram alívio.

"Tira um caminhão das costas, por ser um time grande, por tudo que a gente vem passando, é difícil. Estamos trabalhando duro, o resultado não vem, os jogadores ficam sem confiança, só nós sabemos o quanto é difícil. Nos dedicamos até o fim, e conseguimos essa vitória importantíssima para nós", disse Rodrigo Caio.

Titular pela primeira vez desde o final de março, Lugano também revelou que havia muito mais em jogo do que apenas os pontos. O veterano comemorou um pouco de tranquilidade,

"Foi um jogo obviamente muito tenso, tivemos uma semana dificílima. Valia muito mais que três pontos para nós, o time se mostrou firme, pragmático, sério, e a gente conseguiu a vitória. Pelo momento do São Paulo, é muito importante, pelo menos uns dias a mais para trabalhar".

Para o uruguaio, que foi o capitão do time na partida, o São Paulo, se se acertar, pode brigar pelo Brasileirão.

"Resultados no último mês foram longe do que a gente imaginava. Alguns anos sem títulos, a gente fica tenso, nervoso, a imprensa cobra mais e a gente sente a pressão. O mais difícil era mudar essa energia, ter tranquilidade para que o time se encaixe e acho que podemos brigar pelo Brasileirão", finalizou.

O São Paulo volta a campo no próximo sábado, em clássico diante do Palmeiras, no Morumbi.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos