Rafael Marques joga meia hora após dois meses e sai satisfeito com estreia

Do UOL, em Belo Horizonte

O atacante Rafael Marque saiu satisfeito com sua primeira oportunidade com a camisa do Cruzeiro. O jogador que não entrava em campo há dois meses atuou nos 30 minutos finais do empate por 1 a 1 contra o Sport e gostou do que fez. Promovido ao campo no lugar de Rafinha, o atacante mostrou personalidade, finalizou ao gol e ajudou da recomposição de jogo.

"Como eu disse na minha primeira entrevista. O importante era sempre poder ajudar o Cruzeiro a sair com a vitória. Hoje ela não saiu, mas eu saio contente. Há muito tempo não jogava, pude me movimentar, me apresentar para o jogo. Queria estrear com os três pontos, mas o empate aqui esta de bom tamanho. Para este projeto do Cruzeiro tem para o ano, é importante sair daqui com um ponto, sabemos das dificuldades de jogar aqui", comentou o jogador.

Rafael Marques não participava de um jogo desde o dia 22 de março deste ano. Na ocasião, o Palmeiras venceu o Mirassol por 2 a 0 e o atacante inaugurou o marcador. Desde então, Rafael perdeu espaço no elenco de Eduardo Baptista e acabou negociado com o Cruzeiro no retorno de Cuca ao time paulista.

Na Ilha do Retiro, Rafael Marques entrou em campo já com o placar em igualdade. Com poucos minutos, mostrou personalidade nas duas finalizações que deu, embora ambas não tenham atingido o alvo. Além disso, foi feliz na única tentativa de drible que fez e ainda ganhou quatro dos seis duelos.

Reserva do argentino Ábila, Rafael chega para ser uma boa opção de Mano Menezes no quarteto ofensivo. Vale lembrar que o treinador é adepto de um estilo de jogo que conta com centroavantes mais participativos, função antes exercida por Rafael Sóbis, hoje lesionado, e não tão executada por Ábila, que atua mais preso na área, à espera da bola para finalizar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos