Fernando Miguel faz 'milagre', mas leva gol de letra e Coxa bate Vitória

Do UOL, em São Paulo

O Vitória ainda não triunfou no Brasileirão 2017. Neste sábado, o Coritiba venceu por 1 a 0 em plena Arena Fonte Nova, em Salvador, com um belo gol de Rildo com toque de letra no segundo tempo. Poderia ter sido ainda pior para os baianos, já que a grande atuação de Fernando Miguel os salvou de um placar mais elástico.

É evidente que ainda é prematuro falar de tabela, mas o Rubro-Negro já amarga a primeira posição da zona de rebaixamento com um único ponto somado na rodada de abertura, quando não conseguiu sequer furar a rede do Avaí - a partida em questão ficou no 0 a 0.

A equipe pode descer ainda mais neste domingo, uma vez que os adversários que estão abaixo na classificação ainda farão seus jogos pela terceira rodada. O Coritiba é vice-líder com seis pontos, empatado com São Paulo, Fluminense e Vasco (que já jogaram neste sábado) e Grêmio.

MARCELO MALAQUIAS/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Está difícil? Deixa comigo

Fernando Miguel era uma verdadeira barreira em frente ao gol do Vitória. No entanto, o Coritiba enfim furou o obstáculo aos 26 minutos do segundo tempo: Tiago Real serviu Rildo com cruzamento rasteiro e viu o colega, que havia acabado de entrar no lugar de Neto Berola, tocar de letra para o fundo da rede. Que golaço!

Milagroso

É bem verdade que o Vitória saiu derrotado, mas a torcida precisa agradecer a Fernando Miguel pela grande atuação que impediu um placar mais largo. Quando Alan Costa fez o recuo para o goleiro aos seis do segundo tempo, a arbitragem de Vinicius Gonçalves Dias assinalou tiro livre indireto sobre a marca da pequena área.

Henrique Almeida cobrou e viu Paulinho salvar em cima da linha. Daí em diante, o mérito foi todo de Fernando Miguel: defesas incríveis nas finalizações de William Matheus e do próprio Henrique.

Tentativa não faltou

Quando Henrique fez o domínio entre dois marcadores do Vitória aos 32 do primeiro tempo, o lance parecia pouco promissor. No entanto, o atacante ainda conseguiu chutar sem ângulo e acertou a trave esquerda de Fernando Miguel. É justo dizer, porém, que o goleiro estava vivo no lance e poderia ter feito a defesa se a finalização tivesse o gol como endereço.

Posteriormente, um minuto depois, William Matheus fez levantamento para a área a partir do lado esquerdo do meio de campo. Henrique voltou a concluir para o gol, dessa vez com toque de cabeça, e viu Fernando Miguel pular para fazer uma grande defesa.

Não parecia anfitrião

Mesmo tendo o mando de campo, o Vitória pouco se impôs no primeiro tempo. Seu lance de maior relevância nos 45 minutos iniciais só foi ocorrer aos 38, quando Fred chutou no meio do gol e viu Wilson encaixar com relativa facilidade. A consequência foram as vaias da torcida rubro-negra na saída para o intervalo.

O famoso grito

A insatisfação provavelmente não se resumia a essa substituição específica, mas Petkovic teve que lidar com vaia generalizada e gritos de "burro" quando trocou Willian Farias por Rafaelson aos 32 do segundo tempo. Todo treinador já ouviu isso...

Ombro salvador

Sem o recurso do replay imediato, é possível que alguém no Vitória tenha visto pênalti de Marcio aos 25 do primeiro tempo, mas a repetição da imagem deixa claro que o zagueiro afastou a bola com o ombro após cruzamento de Geferson.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 0 X 1 CORITIBA

Data e hora: 27/05/2017, sábado, às 21 horas (de Brasília)
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Auxiliares: Rogerio Pablos Zanardo e Herman Brumen Vani (ambos de SP)
Cartões amarelos: Paulinho, Uillian Correia, Fred (Vitória); Tomas Bastos, Jonas, Tiago Real (Coritiba)
Gols: Rildo, aos 26 minutos do segundo tempo (Coritiba)

VITÓRIA: Fernando Miguel; Leandro Salino, Alan Costa, Fred e Geferson; Willian Farias (Rafaelson), Uillian Correia e Cleiton Xavier (Pisculichi); David, Paulinho (Jean Pineda) e Kieza
Técnico: Petkovic

CORITIBA: Wilson; Dodô, Marcio, Werley e William Matheus; Alan Santos (Tiago Real), Matheus Galdezani e Tomas Bastos (Jonas); Neto Berola (Rildo), Henrique e Kleber
Técnico: Pachequinho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos