Corinthians faz 1 a 0 no Atlético-GO e seca Chapecoense por liderança

Do UOL, em São Paulo

O estilo corintiano de solidez defensiva e pragmatismo ofensivo voltou a render frutos nesta temporada. O Corinthians derrotou o Atlético-GO por 1 a 0 neste domingo, em Goiânia, e chegou à segunda vitória seguida no Campeonato Brasileiro.

O resultado deu a liderança provisória ao Corinthians ao lado do Cruzeiro - nos critérios de desempate, número de cartões amarelos, os paulistas ficam à frente (três contra seis). A equipe corintiana ainda pode ser ultrapassada pela Chapecoense - basta o time vencer o Avaí nesta segunda, na Arena Condá, por qualquer placar que não seja 1 a 0. 

O gol da vitória do Corinthians no Serra Dourada foi marcado por Rodriguinho, ainda no primeiro tempo, após mais uma assistência do lateral Guilherme Arana. Na etapa final, o time de Fábio Carille manteve a posse de bola, chegou a pressionar o adversário, mas não conseguiu ampliar. No fim, Cássio salvou a equipe após conclusão de cabeça de Júnior Viçosa

Com sete pontos, o Corinthians voltará a atuar em Itaquera depois de dois jogos fora de casa. O duelo será contra o Santos, no sábado, às 17h. Já o Atlético-GO, que perdeu todos os três jogos na competição, enfrenta o Bahia fora de casa - o confronto será na segunda-feira, às 20h.

Jô perde gol feito na pequena área


O atacante corintiano perdeu uma grande oportunidade quando o placar apontava 0 a 0. Após cruzamento pelo chão do lateral esquerdo Guilherme Arana, o camisa 7, sozinho na pequena área, chutou em cima do goleiro Felipe. A bola subiu e saiu por cima do gol. Jô, depois, lamentou o erro. 

ADALBERTO MARQUES/DIA ESPORTIVO/ESTADÃO CONTEÚDO

Mais uma assistência de Arana

O jogador de 20 anos deixou Jô na cara do gol em lance ocorrido aos 12 minutos do primeiro tempo. Pouco depois, aos 26, Arana voltou a brilhar ao deixar Rodriguinho livre para concluir à meta do Atlético-GO. Com o gol, o lateral corintiano chegou à marca de sete assistências na temporada 2017.

Rodriguinho decide mais uma 

O meio-campista, por sua vez, foi às redes pela nova oportunidade e, com isso, tornou-se o artilheiro do time do Corinthians no ano, ao lado de Jô. No lance, Rodriguinho recebeu na frente e chutou forte de perna esquerda para vencer o goleiro atleticano.

Pablo retorna ao time

O zagueiro do Corinthians desfalcou a equipe de Carille na semana passada, no triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória - Pablo se recuperava se uma fibrose na coxa. Após uma semana de trabalho e dúvidas, Pablo foi escalado entre os titulares. E não decepcionou ao lado de Pedro Henrique - no primeiro tempo, o Corinthians cometeu apenas três faltas.

Walter apagado

O atacante, capitão e maior estrela da equipe goiana, pouco apareceu na partida. Bem marcado entre os zagueiros do Corinthians e isolado pela falta de criatividade dos meias, Walter conseguiu deixar Luiz Fernando em condições de finalizar ao desviar a bola de cabeça. Cássio fez a defesa, mas o árbitro já assinalava impedimento.

Estreia de Clayson e gol perdido


Aos 26 minutos do segundo tempo, o meia-atacante Clayson entrou em campo para estrear com a camisa do Corinthians. O ex-jogador da Ponte Preta entrou no lugar do meia Jadson. Com isso, Romero passou a atuar pelo lado direito, com Clayson à esquerda. No primeiro lance, o recém-contratado conseguiu se livrar da marcação e cruzou a bola na área. Depois, cara a cara com goleiro, perdeu um gol feito.

Mudanças no intervalo

Após sair atrás no placar, o Atlético-GO voltou para o segundo tempo com alterações. Insatisfeito com o desempenho do time, o técnico Marcelo Cabo tirou dois jogadores do time. Saíram Luiz Fernando e Everaldo para as entradas de Andrigo e Júnior Viçosa, respectivamente.

Torcida celebra Romero


Os torcedores corintianos presentes ao Serra Dourada não economizaram aplausos a Romero. No fim do primeiro tempo, o jogador foi celebrado depois de pressionar o goleiro Felipe e ganhar um arremesso lateral. Na etapa final, ele teve o nome gritado quando Clayson estava prestes a entrar em campo - Carille, porém, não tirou Romero e, sim, Jadson. Depois, o paraguaio saiu de campo ovacionado ao dar lugar a Clayton.

Força fora de casa

O Corinthians mostrou mais uma vez que tem ótimo desempenho ao atuar fora de casa. Depois de derrotar o Vitória em Salvador e o Atlético-GO em Goiânia, o time alvinegro chegou a dez vitórias em 16 partidas longe de Itaquera. O aproveitamento é de 73%, com apenas uma derrota e outros cinco empates. Na Arena Corinthians, o desempenho é de 62%: em 13 jogos, são seis triunfos, seis empates e um revés.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 0 X 1 CORINTHIANS

Data: 28 de maio de 2017, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Competição: Campeonato Brasileiro (3ª rodada)
Árbitro: Paulo H Schleich Vollkopf (MS)
Auxiliares: Eduardo Goncalves da Cruz e Leandro dos Santos Ruberdo (ambos de MS)

Cartões amarelos: Eduardo (Atlético-GO)

Gol: Rodriguinho, aos 26 minutos do primeiro tempo.

ATLÉTICO-GO: Felipe; Eduardo (André Castro), Ricardo Silva, Roger Carvalho e Bruno Pacheco; Marcão, Igor, Jorginho e Luiz Fernando (Andrigo); Everaldo (Júnior Viçosa) e Walter. Técnico: Marcelo Cabo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson (Clayson), Rodriguinho e Romero (Clayton); Jô (Kazim). Técnico: Fábio Carille

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos