Fla ainda 'junta cacos' e tem missão ingrata por estabilidade no Brasileiro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Cleber Yamaguchi/AGIF

    Paolo Guerrero se desespera ao perder gol no último duelo contra o Atlético-PR

    Paolo Guerrero se desespera ao perder gol no último duelo contra o Atlético-PR

O Flamengo entra em campo neste domingo (28) com o objetivo de buscar estabilidade no Campeonato Brasileiro. O desafio, no entanto, é ingrato para quem ainda "junta os cacos" pelo recente vexame na Copa Libertadores. Trata-se do Atlético-PR, às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada, local de péssimas lembranças aos cariocas.

O Furacão não costuma perdoar o Flamengo nos duelos em Curitiba, especialmente na Baixada. Desde 1999, quando o estádio foi reinaugurado, foram 12 vitórias e 4 empates, com direito a goleadas por 4 a 0 e 4 a 1. O único triunfo dos cariocas foi na Copa Sul-Americana de 2011.

Recentemente, o Flamengo se deu mal de novo no estádio em um jogo que poderia ter mudado o rumo da equipe na Copa Libertadores. Apesar de ter controlado boa parte da partida pelo Grupo 4 da competição continental, o Rubro-negro mais uma vez perdeu fora de casa. O 2 a 1 teve peso na desclassificação ainda na primeira fase.

Desde a queda diante do San Lorenzo-ARG, o técnico Zé Ricardo tenta fazer o Flamengo se reencontrar emocionalmente. A equipe, entretanto, ainda patina e sofreu para garantir a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, diante do Atlético-GO.

Uma derrota para o Atlético-PR deixará o comandante em situação ainda mais desconfortável, e o Flamengo novamente em busca de reencontrar o melhor futebol. Pela força do adversário em seus domínios e em razão dos objetivos que os cariocas precisam cumprir, o jogo tem importância fundamental.

"O nosso grupo é experiente e o futebol, infelizmente, não é feito só de vitórias. Temos de saber lidar com tudo isso e passar pelos momentos de dificuldade. Só vitórias e títulos para esquecer tudo isso. Não podemos errar mais. A nossa equipe é forte, a deles também, principalmente em casa, mas podemos conseguir a vitória", afirmou o lateral Renê.

Além do cenário desfavorável, o Flamengo tem desfalques fundamentais para o compromisso. Donnati e Diego seguem fora da equipe. Berrío, Gabriel, Everton e Ederson também são desfalques. A tendência é que o técnico Zé Ricardo opte por uma formação mais defensiva e aproveite a velocidade dos laterais nos contra-ataques.

ATLÉTICO-PR X FLAMENGO

Data/hora: 28/05/2017, às 16h (de Brasília)
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kléber Lucio Gil (SC) e Neuza Inês Back (SC)

Atlético-PR
Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio e Matheus Rossetto; Nikão, Carlos Alberto (Guilherme) e Pablo; Eduardo da Silva
Técnico: Eduardo Baptista

Flamengo
Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Renê; Márcio Araújo, Romulo (Cuéllar) e Willian Arão; Mancuello (Rodinei), Matheus Sávio (Trauco) e Guerrero
Técnico: Zé Ricardo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos