Lateral com um jogo pelo Atlético-MG em 30 meses vai enfrentar o Palmeiras

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Alex Silva não atua como titular do Atlético desde a última rodada do Brasileirão de 2014

    Alex Silva não atua como titular do Atlético desde a última rodada do Brasileirão de 2014

Em novembro do ano passado o Atlético-MG usou um time reserva para enfrentar o Santa Cruz, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Como estava envolvido na decisão da Copa do Brasil, o único titular que foi até Recife foi o lateral direito Marcos Rocha, que estava retornando de lesão. Como parte da preparação, o camisa 2 ficou em campo até os 16 minutos do segundo tempo, para a entrada de Alex Silva.

A partida terminou empatada em 3 a 3, no Arruda, e foi a única vez que Alex Silva atuou pelo Atlético nos últimos 30 meses. Foram 32 minutos em campo, contando os acréscimos, e neste domingo, contra o Palmeiras, o lateral direito já está confirmado por Roger Machado para o confronto com o Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque, pela quarta rodada do Brasileirão.

"É Minha primeira opção, embora o Yago tenha nos ajudado em dois momentos", comentou Roger Machado, que em seguida mostrou total confiança em Alex Silva.

"Como ex-atleta a gente imagina que hoje a cabeça do Alex passa a oportunidade de novamente ter destaque no clube que o formou. Tenho certeza que pelo Alex a permanência dele aqui no clube teria sido continuada. Ele saiu, adquiriu experiência, maturidade e agora, num melhor momento técnico, emocional e físico. As experiências anteriores podem ajudar agora. Tenho certeza de ele vai dar conta do recado, vais nos ajudar muito e ocupar a vaga em campo com plenitude".

O fato de Alex Silva ter atuado por outros clubes explica o motivo de poucos jogos pelo Atlético desde 2014. Foram 43 jogos naquele ano e presença no elenco que conquistou a Recopa Sul-Americana e a Copa do Brasil. Em 2015 o lateral foi emprestado ao Sport-PE, no ano seguinte disputou o Campeonato Paulista pela Ferroviária e estava no América-MG, em 2017, até ser chamado de volta, em função da lesão de Carlos César, que operou o tornozelo esquerdo. O último jogo de Alex Silva como titular do Atlético foi na 38ª rodada do Brasileirão de 2014, no empate sem gols com o Botafogo, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Embora o Atlético não tenha informado uma previsão para o retorno de Marcos Rocha, a tendência é que o lateral direito fique algumas semanas fora de combate. Por isso, Roger Machado não esconde que o clube está atento ao mercado.

"Com o Alex nos dá a tranquilidade de ter um jogador da função. Mas tem que estar atento e se entender a necessidade, vamos tentar alguma alternativa diferente. O que temos hoje é o Alex, um jogador da casa, que já tem muita experiência com a camisa do Atlético. Tenho certeza que vai dar conta do recado. Tenho muita confiança que ele vai me dar o retorno que espero", completou o treinador do Atlético.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos