"Achei que era o momento do Júlio", diz Abel sobre barração de Cavalieri

Do UOL, no Rio de Janeiro

O técnico Abel Braga surpreendeu na escalação deste sábado, na vitória sobre o Vitória por 2 a 1, ao barrar o goleiro Diego Cavalieri. Sempre muito sincero em suas entrevistas, o treinador destacou que não deu explicações ao arqueiro pra colocá-lo no banco e nem em relação às outras saídas: Nogueira e Douglas.

"Eu não expliquei ao Cavalieri porque ele saiu. Expliquei porque o Júlio jogou. Vamos fazer uma suposição: e se perde com falha do Júlio? Essa é a responsabilidade do treinador. Achei que era o momento do Júlio. Ele vem treinando muito bem. Explicarei porque tirei o Nogueira? Reginaldo treina bem e tinha feito bom jogo. Foi nas minhas costas", declarou.

Sobre a ausência de Douglas, Abel revelou que foi por questões físicas:

"Ele (Douglas) passa por uma situação. Não tem nada de parte de técnica. Ele aí é como se fosse meu bruxo. Adoro a personalidade dele. A agressividade, a técnica. É uma situação... prefiro que o médico explique. Na minha área, ele iria jogar. Ele está lesionado. Chega um momento em que vai estar destreinado".

Na próxima quarta-feira, o Fluminense volta a atuar em casa recebendo o Atlético-PR também pelo Campeonato Brasileiro.

Abel: "Não precisa sofrer como nós sofremos"

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos