Kleina elogia estreante Sheik, mas se preocupa com parte física

Do UOL, em São Paulo

A Ponte Preta venceu o São Paulo por 1 a 0, neste domingo (4), no jogo que marcou a estreia de Emerson Sheik com a camisa do clube alvinegro. Após a partida, o técnico Gilson Kleina elogiou o atacante.

"O Sheik entende o posicionamento em cima do zagueiro. Ele fez o desafogo. Quando o Emerson entra em campo, há um desequilíbrio emocional no adversário. Preocupa o adversário. Ele é vitorioso, é diferente. Nós sabemos o nível que ele pode jogar", disse.

O treinador, entretanto, mostrou preocupação com o físico do jogador. "Nossa preocupação é o lado físico, porque hoje jogou 45 minutos. O fisiologista ficou meio 'bicudo' comigo, mas a vitória está aí, que é o mais importante. Agora é manter isso, recuperar esse atleta e evoluir até a hora que ele possa começar jogando", afirmou.

Kleina acredita que a Ponte começou mal o jogo, mas se recuperou no segundo tempo, o que foi decisivo para a vitória. "No intervalo, conversamos, preenchemos o meio campo. Sabíamos que a bola ia parar no pé, aí a equipe organizou, não viu o adversário criar mais chances. Ele tentou variar o jogo, mas a nossa equipe controlou. Jogo muito difícil, ganhamos, mas fazia tempo que eu não trabalhava tanto em um jogo. Conseguimos fazer essa vitória em casa que dá mais confiança e tranquilidade para o próximo jogo", falou.

"A estratégia do segundo tempo fez com que a equipe crescesse muito. Quando o Sheik centralizou no homem da sobra, que era o Maicon, neutralizou. Tínhamos a marcação dos dois volantes deles, e, quando a bola chegava nos meias, chegava a nossa marcação dupla. Aí tínhamos o contra-ataque livre. A equipe evoluiu e ficou consistente", explicou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos