Milton Mendes explica expulsão e substituições em revés: "Tentamos tudo"

Do UOL, em São Paulo

A atuação do Vasco da Gama não foi ruim neste domingo (4), mas o técnico Milton Mendes segue tendo muito trabalho pela frente. Em entrevista coletiva após derrota por 2 a 0 para o Grêmio, ele explicou suas escolhas e argumentou quanto à estratégia de jogo cruzmaltina.

"Nós queríamos sair no contra-ataque, mas a bola não entrou. Fizemos exatamente o que tínhamos previsto como estratégia, mas levamos um gol de pênalti", afirma o treinador, referindo-se à aposta do Vasco nos contra-ataques.

Por um tempo, deu certo, mas o gol sofrido obrigou os visitantes a mudarem de postura e tomarem a iniciativa. "Tentei melhorar a criação, tentei dar velocidade pelas pontas. Tentamos de tudo. Coloquei Thalles, Guilherme e Nenê para termos performance, chute, mas infelizmente não conseguimos. O Grêmio é muito forte em casa mesmo", diz Milton Mendes.

Pênaltis seguidos enfurece

Em quatro rodadas do Campeonato Brasileiro, foram cinco pênaltis marcados contra o Vasco da Gama. A situação tirou o técnico Milton Mendes do sério. Nos minutos finais, ele reclamou muito de um pênalti não marcado em Nenê e acabou expulso. O meia cavou o lance, e o árbitro não foi na dele.

Questionado pela expulsão, o treinador se explica. "Somos seres humanos, e já é o quinto pênalti em quatro jogos. Então é lógico que a gente sente um pouco, porque trabalhamos e vemos como os jogadores se dedicam. Eu sou educado, tento ser educado com todos. Mas naquele momento, de onde estávamos, pensamos que seria pênalti", afirma.

A situação, de acordo com Milton Mendes, pesa no psicológico do elenco. "Fizemos um bom jogo, a tendência é crescer, e isso dá tranquilidade para pensar lá na frente. Mas é duro: são cinco pênaltis em quatro jogos", reclamou o treinador.

Ele não chegou a questionar a marcação dos pênaltis, mas durante a coletiva voltou ao assunto com frequência. "Às vezes, alguns dos pênaltis algumas pessoas não dariam. É interpretação do árbitro, faz parte, mas coloquem-se no nosso lugar... Nós vivemos isso 24 horas", diz Milton Mendes, mais em tom de lamento que de desafio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos