Lucca decide, e São Paulo perde da Ponte no possível adeus de Luiz Araújo

Do UOL, em São Paulo

Não foi da maneira que Luiz Araújo esperava a sua provável despedida do São Paulo. Muito perto de acertar a sua transferência com o Lille da França, o atacante participou da derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta, neste domingo, no Moisés Lucarelli, em Campinas. O gol da vitória dos donos da casa foi marcado por Lucca, no segundo tempo.

Com o resultado, o São Paulo se mantém com seis pontos na tabela de classificação do Brasileiro, um a menos do que a Ponte Preta. Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Vitória na quinta-feira, no Morumbi. Já no fim de semana, será a vez de disputar o clássico com o Corinthians, fora de casa. A Ponte Preta, por sua vez, joga com o Atlético-GO, também na quinta-feira.

Despedida?

A partida deste domingo pode ter sido a última de Luiz Araújo com a camisa do São Paulo. O atacante acertou a sua transferência para o Lille, da França, por 10,5 milhões de euros. A janela de transferência para a França abre nesta sexta-feira e negociação deve ser oficializada nos próximos dias. Além de Luiz Araújo, o volante Thiago Mendes também está na mira dos europeus.


Desfalque de última hora

Rogério Ceni não pôde contar com Cueva na partida deste domingo. O peruano foi retirado da lista de inscritos pouco antes do jogo por precaução do departamento médico. O jogador vinha com dores no dorso do pé e precisou usar um spray para tratar a lesão. Por receio de a substância utilizada trazer problemas com doping, o São Paulo decidiu retirar o meia do time. Thomaz foi o escolhido para a vaga.

Domínio tricolor

O São Paulo chegou mais perto do gol adversário nos primeiros instantes da partida deste domingo, em Campinas. Aos cinco minutos, por exemplo, Júnior Tavares cobrou falta da esquerda e Cícero, de carrinho, tentou completar para o gol. A bola passou perto do gol de Aranha, mas o meio campista estava em posição de impedimento.

O controle do time do Rogério Ceni seguiu no restante do primeiro tempo. Outra boa oportunidade aconteceu aos 14 minutos, quando Jucilei encontrou Lucas Pratto. O argentino tentou dar o passe para o Luiz Araújo no meio da área. No entanto, a defesa da Ponte Preta foi mais eficiente e impediu que a bola chegasse no atacante tricolor.

Sem pontaria

O São Paulo até teve mais volume e buscou o gol durante o primeiro tempo. Porém, ou a equipe parava na marcação adversária ou ou faltava pontaria no arremate. Aos 42 minutos, por exemplo, Luiz Araújo fez boa jogada e, da entrada da área, chutou por cima do gol de Aranha.

Mudança de Kleina e gol da Ponte

Para dar mais velocidade ao time, Gilson Kleina tirou Jeferson e colocou Emerson Sheik no segundo tempo. A mudança surtiu o efeito esperado. A Ponte acelerou o seu ritmo e passou a pressionar o São Paulo. Não demorou e a equipe da casa abriu o placar. Depois de jogada pela direita,  Léo Artur desviou de cabeça e a bola sobrou para Lucca. O atacante encheu o pé e fez o seu: 1 a 0.

Rogério tenta dar o troco

Em desvantagem, o treinador do São Paulo tentou mudar a sua estratégia e retomar o controle do jogo. Primeiro, ele colocou Gilberto no lugar de Thomaz, que pouco criou. Depois, foi a vez de tirar Lucão para colocar Bruno. Desta maneira, a ideia era dar mais liberdade para Marcinho na criação e ter mais força nas bolas alçadas na área, com Gilberto e Lucas Pratto.

Tempo quente e estreia

No decorrer do segundo tempo, as disputas começaram a ficar mais acirradas. Após uma dividida entre Rodrigo Caio e Emerson Sheik, houve uma discussão generalizada entre os jogadores. O zagueiro tricolor e o atacante campineiro foram advertidos com o cartão amarelo. Por conta da advertência, Rodrigo Caio vai ter de cumprir suspensão contra o Vitória.

Pouco depois, para dar mais fôlego ao time, Rogério Ceni promoveu a história de Léo Natel na equipe profissional. O atacante entrou no lugar de Marcinho, que também havia recebido um cartão amarelo por conta de uma falta cometida.  

Melhor: Gilson Kleina e Lucca
Pior: Thomaz

Campeonato Brasileiro - 4ª rodada


Ponte Preta x São Paulo

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Horário: 16h (Brasília)
Árbitro: Rodolpho Taski Marques (Fifa-PR),
Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Cartões amarelos: Wendel (Ponte Preta); Renan Ribeiro, Rodrigo Caio, Maicon e Marcinho (São Paulo
Público e renda: 5.711 e R$ 171.495,00
Gols: Lucca aos 5 do 2º tempo

Ponte Preta: Aranha; Jeferson (Emerson Sheik), Marllon, Rodrigo e João Lucas; Wendel, Nino Paraíba, Elton,  e Léo Artur; Lins e Lucca. Técnico: Gilson Kleina.
São Paulo: Renan; Rodrigo Caio, Lucão (Bruno) e Maicon; Marcinho (Léo Natel), Jucilei, Cícero, Thomaz (Gilberto) e Júnior Tavares; Luiz Araújo e Pratto. Técnico: Rogério Ceni

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos