Ricos e favoritos, Palmeiras e Atlético-MG duelam como "devedores" em campo

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Cavallari/Folhapress

    Fred disputa bola com atletas do Palmeiras; Galo foi o último a vencer no Allianz

    Fred disputa bola com atletas do Palmeiras; Galo foi o último a vencer no Allianz

Apontados como favoritos a todos os títulos que disputam nesta temporada, Palmeiras e Atlético-MG ainda não embalaram no Brasileirão. No jogo deste domingo (4), às 16h, no Allianz Parque, as equipes se encontram em um duelo que vale bem mais do que os três pontos.

A começar pelo choque de dois dos times que mais investem no futebol. A agremiação paulista, por exemplo, ultrapassa a barreira dos R$ 70 milhões em contratações, entre elas Borja e Guerra, os dois melhores da Libertadores de 2016. Ainda foram contratadas promessas com Raphael Veiga e Hyoran, que brigam por uma chance nesta partida com a ausência de Dudu.

O Atlético-MG, por sua vez, tem um elenco recheado de estrelas como Robinho, Fred, Elias e Valdívia, que foi relacionado pela primeira vez pelo técnico Roger e poderá fazer a sua estreia.

Em campo, porém, nenhum deles têm correspondido de acordo com os investimentos. Os palmeirenses começam a rodada com apenas três pontos da vitória contra o Vasco. Além disso, foram derrotados por Chapecoense e São Paulo. Os atleticanos, por sua vez, têm dois pontos: empates com Flamengo e Ponte Preta.

Palmeiras defende marca em casa

No duelo entre os dois, o Palmeiras colocará em jogo um tabu do qual se orgulha muito: 24 jogos sem perder em casa. E a última derrota foi justamente para o Atlético-MG, no dia 24 de julho de 2016, por 1 a 0.

Cuca lembra bem dessa derrota e enumera as dificuldades que sua equipe vai encontrar ao entrar em campo neste domingo. Os atleticanos, no entanto, também seguram um longo jejum: não perder para o Palmeiras desde 2011. De lá para cá, são 11 jogos, com nove vitórias e dois empates.

"O Atlético-MG tem uma equipe que passa bem a linha da bola, tem bastante velocidade e sabe jogar tanto no contra-ataque, quanto usando a referência. É um jogo que tem tudo para ser um jogão", analisou o técnico.

Extremamente focados na Libertadores, onde ambos se classificaram como melhores de seus grupos, os times têm o desafio de deixar a competição sul-americana de lado, especialmente neste mês, marcado por sete jogos só do Brasileirão.

"São duas equipes que estão envolvidas em outras competições importantes. E não estão bem no Brasileirão. São dois grandes elencos e não tenho dúvida que os dois vão chegar forte no Brasileiro, bem diferente do que estão hoje", completou.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X ATLÉTICO-MG

Data: 04 de junho de 2017, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dilbert Pedrosa Moisés (Fifa/RJ) e Michael Correia (RJ)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Yerry Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo, Tchê Tchê, Róger Guedes, Raphael Veiga e Keno; Willian.
Técnico: Cuca.

ATLÉTICO-MG: Victor, Alex Silva, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Yago Elias e Cazares; Robinho e Fred.
Técnico: Roger Machado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos