Grohe volta a ficar quatro jogos sem vazar e vibra com fase do Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

    Marcelo Grohe disputou 22 partidas na temporada e vazou em menos da metade delas

    Marcelo Grohe disputou 22 partidas na temporada e vazou em menos da metade delas

Marcelo Grohe tem motivos para curtir duplamente a fase atual do Grêmio. Além das boas atuações do time, o goleiro voltou a acumular quatro partidas sem levar gols diante do Vasco, no último domnigo. O retrospecto no ano também é para lá de positivo: em mais da metade dos jogos que disputou, ele saiu ileso de campo.

Titular absoluto, Grohe acumula 22 partidas na temporada e em 12 desses jogos não sofreu gols. Em todo o ano, o goleiro só foi vazado 14 vezes e participou de apenas duas derrotas.

"São número interessantes, que dão mais motivação para seguir com essa dedicação, com esse nível de empenho. Nosso objetivo é sempre sair de campo sem levar gols, claro que uma hora isso vai acontecer, mas a meta é estender esse período pelo maior tempo possível", disse o jogador por meio de sua assessoria de imprensa.

Além do jogo contra o Vasco, Grohe também não vazou diante de Fluminense, Atlético-PR e Zamora-VEN. Suspenso, por expulsão no jogo em Curitiba, não participou da derrota por 4 a 3 para o Sport. Apesar disso, o goleiro já havia ficado quatro jogos em ser vazado em 2017.

Antes ele ficou invicto diante de Zamora, em jogo na Venezuela, Juventude, Veranópolis duas vezes.

"Tem sido importante sim, essa produção defensiva ajuda a equipe a ter equilíbrio para poder atacar com mais tranquilidade. É um trabalho importante, resultado da dedicação de todos. Sempre digo que se o nosso time não sofre gols, já fica mais perto da vitória. A consistência é fundamental, tanto em competições longas, como o Brasileirão, quanto em torneios com menos jogos, como a Copa do Brasil, a Libertadores e a Primeira Liga, principalmente quando existe o critério do gol qualificado", comentou.

A boa fase de Grohe coincidente com a sequência no modelo de preparação. Mesmo com a comissão técnica alterada ainda em 2016, o clube manteve o setor que trabalha com os goleiros para esta temporada.

"O nosso desafio no dia a dia do trabalho é exatamente este: manter o alto nível de desempenho. Tanto no trabalho com o Marcelo, que alcançou um alto patamar em termos de carreira, quanto com todos os demais goleiros nossos. A regularidade é um dos fatores mais importantes na posição e o que consolida uma trajetória de destaque. A gente fica contente pelo resultado de campo. Quanto menos gols sofrermos, mais perto estaremos das vitórias e dos objetivos", analisou Rogério Godoy, preparador de goleiros do Grêmio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos