Lanterna do Brasileiro, técnico Marcelo Cabo deixa o comando do Atlético-GO

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos

Marcelo Cabo não é mais o técnico do Atlético-GO. Na noite desta segunda-feira, após derrota por 3 a 0 para o Bahia, o treinador entregou o cargo à diretoria da equipe rubro-negra. A informação foi confirmada ao UOL Esporte pela assessoria de imprensa do clube.

Em entrevista à Rádio 730 AM, de Goiânia, o diretor de futebol do Atlético-GO, Adson Batista, agradeceu o treinador pelo trabalho e fez elogios ao agora ex-funcionário da equipe.

"Quero agradecer o trabalho do Marcelo, um cara leve. Aprendi muito com o Marcelo, um coração muito grande. É uma pessoa que todo atleticano aprendeu a amar. Ele não pode ficar definhando, tem muito futuro no futebol brasileiro", disse Batista.

Anunciado pelo clube goiano em 9 de maio de 2016, Cabo era o treinador há mais tempo à frente de um clube da Série A do Campeonato Brasileiro. Pela equipe, foi campeão da Série B do Brasileiro de 2016.

Em 60 jogos no comando do Atlético-GO, o treinador teve performance discreta. Foram 60 partidas, com 28 vitórias, 16 empates e 16 derrotas. No total, o treinador conquistou 55,5% dos pontos disputados.

Na elite nacional, porém, o desempenho de Cabo foi abaixo do esperado. Em quatro jogos, foram quatro derrotas. Assim, o Atlético-GO é lanterna do Brasileirão.

O Atlético-GO é o sexto clube da primeira divisão nacional a trocar de treinador durante o torneio. Antes, Atlético-PR, Bahia, Santos, Sport e Vitória também substituíram seus treinadores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos