Corinthians leva susto com Luís Fabiano, mas faz 5 a 2 no Vasco e lidera

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

Sem quatro titulares, o Corinthians encontrou nos substitutos justamente o caminho para vencer mais um jogo no Brasileirão. Diante do Vasco em São Januário, com ótimas atuações de Clayson e sobretudo Marquinhos Gabriel, mostrou autoridade de líder e ganhou por 5 a 2 nesta quarta-feira.

A partida, porém, teve reviravoltas que a equipe de Fábio Carille não costuma vivenciar. Marquinhos anotou o primeiro, Jô ampliou a vantagem e encheu o Corinthians de confiança no primeiro tempo. Dois gols de Luís Fabiano, em dois minutos, incendiaram o Vasco em sua casa na volta do intervalo. Coube ao garoto Maycon, aos 13min da etapa final, selar a vitória. Clayton, no fim, ainda anotou o quarto e o quinto gols para estabelecer tranquilidade.  

O minuto do gol da vitória é justamente o número de pontos do líder do Campeonato Brasileiro. Com 13, o Corinthians porém pode ser novamente ultrapassado na quinta, caso a Chapecoense vença o Grêmio em seus domínios. Já o Vasco, que tinha duas vitórias em dois jogos em casa, segue com 6 pontos e fica na 13ª posição.

O melhor: Marquinhos Gabriel

Com uma bela finalização no primeiro gol e uma assistência precisa para Jô marcar o segundo, Marquinhos marcou sua volta à equipe titular. Além dos lances decisivos, trabalhou muito defensivamente e ajudou na retenção da bola.

O pior: Gilberto

Mal na defesa e no ataque, chegou a ser vaiado pela torcida e sacado no intervalo. Yago Pikachu foi para a lateral e Nenê virou o ponta direita.

Carrasco, Luís Fabiano faz dois e põe fogo no jogo

Thiago Ribeiro/AGIF

Em 21 partidas, 13 gols contra o Corinthians. O impressionante histórico de Luís Fabiano contra o Corinthians, antes forjado por Ponte Preta (dois gols) e São Paulo (nove gols) foi estendido ao Vasco. Com duas cabeçadas dignas do grande centroavante que é, o veterano colocou fogo no jogo.

A 1min, após cruzamento de Nenê, venceu Pablo pelo alto e aproveitou saída atrasada de Cássio para reduzir. E no minuto seguinte, a dose se repetiu. Henrique alçou da esquerda, Luís Fabiano reapareceu para de novo bater Pablo e cabecear para o gol – a bola bateu no próprio braço dele.

De biquinho, Maycon faz gol salvador

Aos 13min do segundo tempo, o Corinthians reagiu com o volante que tem a mesma característica de Paulinho e Elias. O infiltrador Maycon entrou na área e após bela assistência de Clayson tocou por baixo de Martín Silva, de biquinho, para tirar a equipe do sufoco.

Guilherme Arana dá oitava assistência no ano

Logo no início da partida, o lateral voltou a mostrar porque é o maior garçom corintiano em 2017. Com passe perfeito, serviu para gol de Marquinhos Gabriel.

Clayton anota os dois primeiros gols com a camisa corintiana

FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO

No segundo tempo, Carille acionou Pedrinho, Giovanni Augusto e Clayton, que colocou a pá de cal na reação vascaína. De cabeça, o ex-atacante do Atlético-MG fez seu primeiro pelo Corinthians e ainda fechou a conta nos acréscimos com mais um.  

Vasco pede pênalti de Paulo Roberto em Manga aos 12min

Corinthians não sofria dois gols desde 25 de fevereiro

Thiago Ribeiro/AGIF

A última vez que a defesa corintiana era tão vazada foi contra o Mirassol, pela sexta rodada do Paulistão. Naquela partida, o Corinthians venceu por 3 a 2.

Kelvin sofre lesão de joelho no começo da partida

O atacante caiu de mal jeito em bola disputada pelo alto e sofreu torção no joelho esquerdo. Há suspeita de uma lesão importante. Ele foi substituído por Manga Escobar.

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 x 5 CORINTHIANS

Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 7 de junho de 2017 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando (ambos MT)
Público e renda: 15.517 pagantes e R$ 561.905,00
Cartões Amarelos: Pablo, Clayson, Gabriel

Gols:
CORINTHIANS: Marquinhos Gabriel, aos 3min, Jô, aos 38min do primeiro tempo; Luís Fabiano, a 1min, Luís Fabiano, a 2min, Maycon, aos 12min, e Clayton, aos 38min, Clayton, aos 46min do segundo tempo. 

VASCO: Martín Silva; Gilberto (Nenê), Breno, Paulão e Henrique; Jean (Muriqui) e Douglas Luiz; Yago Pikachu, Matheus Pet e Kelvin (Manga Escobar); Luís Fabiano.
Treinador: Mílton Mendes.

CORINTHIANS: Cássio; Paulo Roberto, Pedro Henrique, Pablo e Arana; Gabriel e Maycon; Marquinhos Gabriel (Clayton), Jadson (Giovanni Augusto) e Clayson (Pedrinho); Jô.  
Treinador: Fábio Carille. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos