Rápido até para falar, "Kenaldinho" vira aposta de Cuca no Palmeiras

Danilo Lavieri e Roberto Oliveira

Do UOL, em São Paulo e em Recife (PE)

  • Daniel Vorley/AGIF

    Keno encara a marcação de Otero em jogo entre Palmeiras e Atlético-MG

    Keno encara a marcação de Otero em jogo entre Palmeiras e Atlético-MG

Contratado como nome para compor elenco, Keno vive seu melhor momento desde que chegou ao Palmeiras. Muito elogiado por Cuca após sua atuação contra o Vasco, ele fez os torcedores relembrarem um apelido que ganhou em Recife, quando jogava pelo Santa Cruz: Kenaldinho Gaúcho.

Titular pela segunda vez seguida nesta quarta-feira, diante do Coritiba, o atacante ocupará mais uma vez o lugar de Dudu. Keno, aliás, já ouviu do treinador que ele continuará como titular até mesmo na volta do capitão.

Ele é o líder em dribles do time no Brasileirão e na Copa do Brasil, mas ganhou lugar especial na cabeça de Cuca por conseguir cumprir uma função tática de um atacante que atua pelo lado do gramado: a marcação. Ele é também o líder de desarmes certos no campeonato.

Contratado em janeiro, Keno veio ao Palmeiras após recusar propostas de Flamengo e Santos. A ligação do técnico foi fundamental para o jogador, que fez sua primeira partida como profissional aos 22 anos, bem mais tarde que a média da sua profissão.

"Ano passado, fiz um trabalho forte pelo Santa Cruz e tive algumas propostas. Eu preferi o Palmeiras por falar com o Cuca, pela estrutura, pelo trabalho. Sabia que esse ano ia ser melhor. Ele saiu no início do ano, mas já voltou agora e me deu bastante confiança. Ele confia no meu potencial", analisou.

Lendo a declaração de Keno, aliás, você pode nem saber, mas a velocidade do jogador dentro dos gramados também se repete na hora das entrevistas. O jogador é alvo de brincadeira de colegas e de jornalistas por falar bem rápido e encara sempre com bom humor

Na última terça-feira, por exemplo, ele concedeu uma coletiva de imprensa que durou tempo recorde: cerca de quatro minutos (considerando também o tempo em que o microfone está com os jornalistas) para responder sete perguntas.

Ao falar sobre o seu momento, Keno foi direto ao afirmar que é hora de o Palmeiras vencer no Brasileirão para sair da metade de baixo da tabela.

"Estou feliz por mim (pelo momento e pelos elogios de Cuca), mas ficou triste pelo Palmeiras pelos três jogos sem vencer. Para o Palmeiras, isso é ruim. Precisamos trabalhar forte e entrar concentrados, porque é questão de coisa pequena que a gente vai voltar a vencer", afirmou.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X PALMEIRAS

Data
: 07 de junho, quarta-feira 
Horário: 19h30
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Árbitro: Braulio da Silva Machado - SC (CBF)
Assistentes: Kleber Lucio Gil - SC (FIFA) e Neuza Ines Back - SC (FIFA)
 

CORITIBA: Wilson; Dodô (Léo), Werley, Márcio e William Matheus; Alan Santos, Matheus Galdezani e Tomas Bastos; Neto Berola (Rildo), Henrique Almeida e Kleber
Técnico: Pachequinho

PALMEIRAS: Prass; Mayke, Antônio Carlos, Juninho e Zé Roberto; Thiago Santos, Tchê Tchê e Veiga; Guedes, Keno e Willian
Técnico: Cuca

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos