Banco decisivo em goleada acirra disputa por vaga no líder Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

A vitória por 5 a 2 sobre o Vasco reforçou a condição do Corinthians como uma das melhores equipes no início do Campeonato Brasileiro. Particularmente, também teve a participação direta do banco de reservas, o que faz aumentar a disputa por posições na equipe de Fábio Carille. 

Clayson e Marquinhos Gabriel, que substituíram os convocados Romero e Rodriguinho, foram os principais destaques da equipe na vitória em São Januário. O primeiro participou diretamente de dois gols, inclusive com assistência para Maycon anotar. Marquinhos foi ainda mais decisivo ao abrir o marcador e dar um lindo passe para o gol de Jô. 

Além dos reservas que foram titulares, o banco de reservas também contribuiu em São Januário. O garoto Pedrinho entrou nos minutos finais e foi bem, e o atacante Clayton teve participação ainda mais decisiva, com dois gols que fecharam o caixão na vitória por 5 a 2. 

"Esse foi um jogo importante. O Marquinhos, que vinha sendo bem questionado, entrou contra o Vitória e foi bem, hoje fez um grande jogo. O Clayton que tinha tido alguns altos e baixos. Jogar no Corinthians é difícil, requer um tempo de adaptação. O Pedrinho entrou bem também. Estou muito feliz com o elenco que tenho", comentou Carille. 

Por princípio de trabalho, Fábio Carille deve recolocar titulares quando voltarem de lesão (caso de Balbuena) ou seleções (Fagner, Rodriguinho e Romero), o que só ocorrerá na próxima semana - eles não pegam o São Paulo no domingo (11) e, dificilmente, o Cruzeiro, na quarta que vem (14). Mas, a médio prazo, já há quem internamente defenda que Carille olhe com atenção para as atuações de Clayson e Marquinhos Gabriel, assegurados para o clássico. 

Nesse cenário, a médio prazo, dois titulares passam a ser vistos com maior atenção. Se foi destaque nas fases finais do Paulistão, Jadson começou o Brasileiro sem o mesmo desempenho. Romero, por sua vez, convive sempre com o mesmo dilema: é importante para o equilíbrio da equipe, ajuda no trabalho defensivo, mas deixa a desejar na construção de jogo. E, diferentemente de outros anos, não tem feito tantos - anotou quatro. 

O Corinthians folga nesta quinta-feira, mas volta aos trabalhos na sexta para trabalhar de olho no clássico com o São Paulo. O time, salvo surpresas, será o mesmo que venceu o Vasco, com Cássio, Paulo Roberto, Pedro Henrique, Pablo e Arana; Gabriel e Maycon; Marquinhos Gabriel, Jadson e Clayson; Jô.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos