Pressionado, Zé Ricardo admite mudar o time e põe até Muralha em xeque

Do UOL, em São Paulo

Pressionado por mais um resultado ruim, Zé Ricardo admitiu, depois da derrota para o Sport na última quarta-feira (08), a possibilidade de mudar a escalação do Flamengo para as próximas rodadas. O treinador vem sendo cobrado por torcedores para trocar peças no time titular. Márcio Araújo e Muralha são os principais alvos das reclamações.

Na entrevista após o revés por 2 a 0, na Ilha do Retiro, o comandante foi perguntado sobre a situação do goleiro e, mesmo após dizer que não comentaria a situação de nenhum jogador individualmente, fez referência ao reserva da posição: "Tiago é um grande goleiro e, se tiver de entrar na próxima partida, vai entrar", disse.

Muralha foi assunto por nova falha: no lance do primeiro gol do Sport, deu a bola nos pés de Osvaldo, que chutou da intermediária e acertou o ângulo. 

Os pedidos de mudança a Zé Ricardo ganharam intensidade a partir da derrota para o San Lorenzo na Libertadores, em jogo que eliminou o clube do torneio continental ainda na fase de grupos. O time fez cinco partidas desde então e, apesar das críticas, o treinador tem se mostrado resistente a realizar alterações: Muralha, Pará, Réver, Márcio Araújo e Willian Arão, por exemplo, foram titulares em todas as partidas. Com seis pontos em cinco rodadas e na 14ª posição do Brasileirão, o técnico agora promete mexer na equipe. 

"Não se trata de testar jogadores, mas de ver quem pode render mais nesse momento, porque é um início difícil para todos nós. Precisamos fazer avaliações. Se os resultados não estão aparecendo, alguma coisa precisamos mudar. O objetivo de todo mundo é que a gente melhore. Vamos esfriar a cabeça porque é um momento difícil, delicado", disse. 

Zé Ricardo teve a volta de Diego, recuperado de lesão, ao time titular nesta quarta-feira e, assim que a janela de transferências for aberta, no próximo dia 20, terá também Éverton Ribeiro à disposição para mexer na escalação. Se seguir a vontade dos torcedores, dará chance a Tiago no lugar de Muralha, Cuéllar no de Márcio Araújo e encontrará um espaço para o garoto Vinícius Jr. entre os 11 - a jovem revelação é quem tem o nome mais vezes gritado no estádio.

Em crise, o Flamengo voltará a campo no domingo (11), contra o Avaí, na Ressacada, em Santa Catarina. A equipe tentará afastar a série negativa de quatro jogos sem vitória, com três empates e uma derrota. "Não é o inicio que esperávamos. Precisamos olhar, esperar, avaliar e ver o que podemos mudar para conquistar as vitórias e subir na tabela", insistiu Zé Ricardo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos