Atlético-PR envia manifesto a CBF com críticas a arbitragens do Brasileirão

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

O Atlético Paranaense enviou um manifesto formal a Comissão de Arbitragem da CBF, acompanhado de um vídeo, em que reclama de erros dos juízes em jogos contra si neste ano. O vídeo também exibe lances da campanha de 2016.

Em nota em seu site, o Atlético "requer sejam adotadas todas as providências cabíveis para que o CAP não continue sendo prejudicado em sua campanha no Campeonato Brasileiro." O documento também está disponível e é assinado pelo vice-presidente Marcio Lara, que no texto cita quatro lances de reclamação específica.

Na derrota para o Grêmio em casa (0 a 2), quando o jogo estava 0 a 0, o Atlético entende que a arbitragem comandada por Marcelo Aparecido de Souza deixou de dar um pênalti num toque de mão de Kannemann dentro da área, após chute de Rossetto. No clássico Atletiba, perdido por 0 a 2, o Furacão se queixa de dois lances de impedimento mal marcados pelo conjunto comandado por Raphael Claus, em lances com Lucho González e Pablo quando a partida ainda estava 0 a 0. A TV mostra que ambos teriam condições de jogo.

Já no empate com o Fluminense (1 a 1) a queixa é pela não expulsão de Renato, atacante do Flu que atingiu em cheio o rosto de Wanderson, zagueiro atleticano. O Atlético terminou a partida com um a menos, já que Wanderson precisou ir para o hospital e o time já havia feito três substituições. Foram cerca de 20 minutos nessa situação. Pela regra, o arbitro Igor Junio Bevenuto deveria ter apresentado o vermelho a Renato, como prevê o texto da número 12: "Uma entrada (tackle) ou disputa de bola em que seja assumido o risco de lesionar um adversário, ou em que haja uso de força excessiva ou brutalidade. Deve ser punido com expulsão (cartão vermelho)". 

O Atlético ainda não venceu em cinco rodadas no Campeonato Brasileiro, ocupando a 19ª posição com dois pontos. No domingo, 19h, recebe o Santos na Arena da Baixada, em Curitiba.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos