Três gols por jogo: Renato Gaúcho reconstrói Grêmio com futebol ofensivo

Do UOL, em Porto Alegre

Quando vestia a camisa 7, seja do Grêmio, do Flamengo, do Fluminense, da seleção brasileira, da Roma ou de tantos outros clubes pelos quais atuou, Renato Gaúcho tinha por objetivo único o gol. E muitas vezes atingia seu objetivo. Como técnico do Grêmio, não está sendo diferente. Ao reconstruir o time após um primeiro semestre de oscilação, o comandante adota postura totalmente ofensiva e atinge a vice-liderança do Brasileiro com equipe montada para atacar.

"Eu gosto de minhas equipes jogando para frente. Nós nunca deixamos de atacar. Seja em casa ou fora. Eu estou muito satisfeito. Estamos fazendo uma grande campanha. Tomamos três, mas fizemos seis gols (contra a Chapecoense). Isso mostra que as duas equipes buscaram o gol. O Grêmio sempre joga assim. Conversamos sobre os erros, mas meu time joga para cima", explicou o treinador depois da goleada por 6 a 3 desta quinta-feira, em Chapecó.

E os números só confirmam tal postura. O Grêmio marcou 15 gols em cinco rodadas de Brasileirão. Ou seja, tem média de três por jogo. É, disparado, o melhor ataque da competição o segundo, por exemplo, é o Bahia que fez 11.

"É tudo fruto de treinamento. Quando o time joga assim em todos os jogos, todas as competições, é treinamento. O grupo é muito bom", elogiou o treinador.

O Grêmio de hoje pouco se parece com o que oscilou bastante no primeiro semestre. No Campeonato Gaúcho, o Grêmio não foi primeiro na fase classificatória e acabou eliminado na semifinal para o Novo Hamburgo, que depois ergueu a taça. Na ocasião, se dizia que era necessário resgatar o futebol do título da Copa do Brasil do ano passado.

E na hora da reconstrução, Renato Gaúcho tratou de deixar a equipe ainda mais 'com a sua cara'. Hoje o Grêmio joga de olho no gol rival. Troca a posse de bola muitas vezes pela conclusão e assim constrói uma campanha eficiente.

"Alguns se deram conta, outros não. O Grêmio jogou com menos de 50% do time que foi campeão da Copa do Brasil do ano passado por várias rodadas, e não se abateu. Isso mostra que o trabalho está sendo bem feito e quanto nosso grupo é forte", finalizou.

O próximo compromisso será diante do Bahia, na segunda-feira, na Arena.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos