'Não fez falta nenhuma', diz Abel sobre ausência de Richarlison no Flu

Do UOL, no Rio de Janeiro

O interesse do Palmeiras no atacante tricolor Richarlison movimentou o duelo entre os clubes antes e repercutiu após a vitória do Palmeiras por 3 a 1, neste sábado (10), em São Paulo. Questionado sobre o assunto, o técnico Abel Braga não poupou críticas e tirou o peso de uma eventual participação do atleta na partida.

"Não jogou, perdemos e não fez falta nenhuma. Se ele fosse meu filho, isso não teria acontecido. Acho que o jogador deveria estar em campo independentemente de ser negociado ou não. O Palmeiras é um clube muito forte e com poder de aquisição grande. Na vida, nem isso é motivo básico. Existem outros princípios que devem ser seguidos", afirmou.

Por conta do interesse do Palmeiras, Richarlison pediu para não entrar em campo. O jogador alegou estar "sem cabeça" e a negociação irritou bastante o estafe tricolor. Uma disputa entre empresários do atleta também foi fortemente atacada pelo comandante.

"Acho que ele foi ousado. Mas não significa dizer que estava dentro da consciência, dentro do caráter dele. O futebol hoje é muito manipulado. É muito empresário para um jogador. Os caras também têm que ensinar, têm que ter conduta. Os caras só pensam em causa própria", criticou.

"Se tiver que voltar, volta. Se não tiver que voltar, não volta. Quero jogador com disposição, que entre em campo e corra. Tirei da equipe porque ele falou que não estava com cabeça para o jogo e não vamos mais falar sobre isso. É muito degradável", encerrou Abel.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos